Fluminense não joga bem e perde para o Palmeiras no Allianz Parque

Antes mesmo do apito inicial, o Fluminense perdeu sua referência no ataque: Fred torceu o tornozelo no aquecimento e deu lugar a Felippe Cardoso. Em campo, o Flu teve um pouco mais a bola nos pés, mas não teve velocidade nem infiltrações para incomodar a defesa do Palmeiras. O Palmeiras cheio de desfalques, teve dificuldades na transição que deu tão certo nos primeiros jogos com Abel Ferreira no comando. Mesmo assim, achou seu caminho pelo lado esquerdo, com Gustavo Scarpa bem avançado, tentando cruzamentos na área e exigindo boa defesa de Muriel em um chute no fim. O Fluminense finalizou mais e teve um gol bem anulado de Luccas Claro, por impedimento. A melhor chance, porém, foi do Palmeiras – um vacilo de Luccas Claro na área que deixou Willian na cara do gol. Muriel defendeu.

O jogo ficou com mais espaços, à feição do Palmeiras, que começou a jogar do jeito que gosta, pressionando a saída do Fluminense e tomando o controle do jogo. Raphael Veiga decidiu logo no início, com um gol de pênalti marcado após toque na mão de Wellington Silva e outro aproveitando sobra e batendo sem chances para Muriel. O Flu tentou reagir com as entradas de Luiz Henrique, Marcos Paulo e Caio Paulista, mas o “sangue novo” não surtiu efeito.

Tricolor agora com 32 pontos cai para oitava colocação no campeonato.

Fluminense volta a campo no próximo domingo (22) contra o Internacional no Beira-Rio.

Foto: Lucas Merçon/FFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *