Marcão volta aos profissionais do Flu após fechar 2019 com mais de 50% de aproveitamento

O Fluminense não demorou muito e logo após anunciar a saída de Odair Hellmann, que deixa o clube rumo ao mundo Árabe, promoveu o retorno de Marcão ao time principal.

O técnico que vinha trabalhando com o time de aspirantes, com o time sub-23, volta ao time principal após fechar um 2019 com mais de 50% de aproveitamento.

Marcão que assumiu o time em 2019 após a saída de Osvaldo de Oliveira tinha uma missão completamente diferente da atual. Naquela ocasião o time lutava contra o rebaixamento, e o treinador não só evitou a queda, como deixou o Flu em uma colocação com acesso à Copa Sul-Americana deste ano.

Na ocasião, Marcão obteve um aproveitamento de G4, comandando o clube em 17 jogos na reta final do Brasileirão, com 7 vitórias, 6 empates e 4 derrotas, somando um total de 53% de aproveitamento. Número superior por exemplo ao do Internacional, que terminou em 7º lugar, dentro da zona de classificação para a Libertadores e teve um aproveitamento de 50%.

Além da passagem em 2019, Marcão já havia comandado o Flu em 2016, quando dirigiu o clube em 6 jogos: sendo dois pelo Carioca e quatro pelo Brasileirão, tendo também um desempenho semelhante, obtendo duas vitórias, dois empates e duas derrotas.

Veja os números de Marcão como técnico do Fluminense:

Duas passagens (2016 e 2019)
24 jogos: 9 vitórias / 9 empates / 6 derrotas

Em 2019: 18 jogos
Brasileiro : 17 jogos
7 vitórias / 6 empates / 4 derrotas

Copa Sul-Americana: 1 jogo
1 empate

Em 2016: 6 jogos
Carioca: 2 jogos
2 vitórias

Brasileiro: 4 jogos
2 empates / 2 derrotas

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *