Polícia resgata jovens mantidos em cárcere privado e Fluminense recebe grupo para peneira

Uma operação realizada pela Polícia Civil resgatou 13 jovens mantidos em cárcere privado em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Segundo as investigações, eles vieram de estados como: Alagoas, Paraná, Amazonas e Paraíba com a promessa de que seriam treinados para jogar em clubes de futebol no Rio. Contudo, os jovens ficavam em um local que não possuiu nenhuma estrutura profissional e nem autorização de órgão público para funcionar.

Ao saber da notícia, o Fluminense, que tem sua base, em Xerém, afirmou que vai abrigar os 13 jovens e, depois de uma testagem para Covid-19, vai colocá-los para treinar e fazer testes no clube.

A polícia apontou ainda que os pais dos menores pagavam cerca de R$ 500 achando que os filhos teriam uma preparação para jogar futebol no Rio de Janeiro.

Jorge Valnei dos Santos, responsável pelas crianças, foi preso em flagrante e entre os crimes investigados, segundo o delegado, estão a supressão de documentos, cárcere privado e estelionato.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Fonte: RJ1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *