Atleta do Flu atende jovens com projeto social “uma bola causa”

Com o intuito de transformar a vida de outros jovens, Luiza Travassos, atleta do futebol feminino do Tricolor e com várias convocações para a seleção brasileira sub-17, criou, em 2017, o projeto “Uma bola causa”. O programa, que funciona por meio de campanhas de arrecadações, doações, workshops, palestras e bate-papos, integra, socializa e estimula crianças e jovens, na busca de novas possibilidades por meio do esporte.

A ideia surgiu quando a jogadora participou do programa “Click Esperança”, transmitido pelo Fantástico sobre o Criança Esperança, em parceria com a Unesco, onde ela conheceu diversos jovens, engajados em causas sociais distintas, com diferentes bandeiras. Sua causa era a menina no esporte, a atleta conta que conheceu Luciano, fundador do projeto “Crianças Felizes”, na comunidade do Alemão, onde todos os anos ele realiza arrecadações de presentes para as crianças do local.

“Logo pensei que o que transformou a minha vida foi uma bola de futebol, então, eu iria ajudar com uma bola. Resolvi divulgar nas minhas redes sociais, e daí surgiu o nome uma “Bola Causa”. Na verdade, no começo, era apenas a ideia de doações de bolas no natal, mas as doações foram muito mais do que a gente esperava, e eu decidi que o projeto poderia ser maior, realmente impactar de outras formas além do presente”, conta Luiza.

O projeto está no seu quarto ano consecutivo, o trabalho é feito nas instituições já existentes, com workshops, brincadeiras lúdicas, palestras e o desenvolvimento de habilidades que o esporte possibilita como a comunicação e o trabalho em equipe.

“O grupo cresceu muito mais, algumas meninas do Fluminense também me ajudaram. O intuito é deixar o projeto mais uniforme, e quem sabe, ser tocado em vários lugares. Este ano vamos atender três instituições diferentes, o projeto “Crianças Felizes”, no Complexo do Alemão, “Amipaz Educação”, em Vargem Pequena e o projeto “Além do morro” no Morro da Babilônia”.

A atleta também destacou o apoio da família ao projeto. “Meus pais me ajudam muito, eles também são voluntários, trabalham na organização e participam das ações. Eles sempre me ensinaram a doar as coisas que eu não precisava mais e ajudar as pessoas”.

Luiza ganhou em segundo lugar com o projeto “Uma bola causa”, no prêmio Prudential Espírito Comunitário, um programa de reconhecimento e incentivo ao voluntariado, na edição de 2019, que recebeu mais de 1.500 inscrições. Ela relembra com carinho essa conquista tão importante.

“O prêmio Prudential reconhece jovens voluntários que impactam suas comunidades. Recebi um e-mail da minha escola, e me inscrevi como a fundadora do “Uma bola causa”. Dez jovens foram selecionados para a etapa final, o segundo lugar ganharia 10 mil reais para indicar para uma instituição. Conheci jovens com projetos incríveis, não estava com a expectativa de ganhar e fiquei com o segundo lugar, indiquei os 10 mil para o projeto “Crianças Felizes”, e foi muito bom ter esse reconhecimento, mais uma motivação para continuar com o projeto e ver que o esporte realmente pode fazer uma transformação, que no meio de milhares de projetos e jovens engajados, a causa do esporte foi selecionada, foi muito legal esse prêmio”, explicou.

Foto em destaque: Arquivo pessoal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *