Superliga de vôlei: Fluminense perde para o Curitiba

Em um jogo muito equilibrado e marcado por uma paralisação de mais de 90 minutos devido às goteiras causadas pela chuva forte que caiu na capital paranaense, o Fluminense perdeu para o Curitiba Vôlei por 3 sets a 1, parciais de 25/23, 22/25, 25/19 e 26/24, nesta terça-feira (05/01), pela décima rodada da Superliga Banco do Brasil. O Tricolor volta à quadra na sexta-feira (08/01), quando pega o Sesc RJ Flamengo, às 19h, na Gávea, em mais um jogo adiado pelos casos de COVID-19, desta vez válido pela quinta rodada do primeiro turno.

Com o resultado, o time comandado pelo técnico Hylmer Dias segue em décimo lugar na tabela de classificação com seis pontos conquistados.

O Fluminense começou bem a partida e, com Fran e Arianne, largou na frente. Quando a equipe liderava o placar por 6 a 4, porém, a partida foi interrompida por causa das goteiras que molhavam a quadra. Foram mais de 90 minutos de paralisação até as duas equipes retornarem à quadra.

Apesar do resultado negativo, a líbero Lelê se destacou na defesa e a oposta Arianne teve boa atuação no ataque e no bloqueio, fundamento no qual contou com a ajuda da central Fran, que deixou a quadra no fim do quarto set devido a uma lesão no pé direito. A capitã Natasha também conquistou pontos importantes no ataque.

“Fizemos uma boa partida, mas pecamos um pouco no fim das parciais e isso acabou pesando”, analisou Lelê após o jogo.

A Mari viajou com o time para a Curitiba, mas não conseguiu se recuperar das dores na região lombar e sequer foi relacionada para o jogo. A atleta fará um exame de ressonância magnética esta semana para saber se há alguma lesão no local.

O time começou o jogo com Giovana, Arianne, Fran, Dayse, Natasha, Fê Tomé e Lelê.
Entraram: Rose, Mayara, Julia e Juli Lazcano.


Foto: Valterci Santos/Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *