Opinião: Mário Bittencourt não performou como presidente do Fluminense

Foto: Divulgação

A verbo “performar” já fora utilizado pelo atual presidente para justificar vendas por valores ínfimos, mas hoje chegou a vez de ser utilizado para analisar o trabalho do estrelinha Mário Bittencourt. Sem aspas mesmo, nosso presidente é um estrelinha. Uma pessoa que se esconde no calor, mas aparece nos momentos bons (noite fresca).

Foto: Divulgação

As promessas de campanha foram muitas, o tal presidente criticou a gestão passada e chegou a dizer que era inadmissível um clube da grandeza do Fluminense não ter patrocínio master. Quem não lembra do estrelinha falando que o Flu brigaria por todos os títulos que disputasse? Mentiroso. Brigamos pelo título de maior vergonha da temporada. O 5×0 para o Corinthians ainda ficou barato. Um time entregue, sem comando, com ex-jogadores tomando a vaga de promessas. O Santos faz o oposto e disputará a final da Libertadores. Competição que o tricolor insiste em ficar de fora. Por que será?

Começamos 2021 da mesma forma que iniciamos 2020, fazendo vergonha. A eliminação na primeira fase da Copa Sul-Americana para o La Calera não teve nenhuma no futebol, o massacre de ontem também não terá. A direção parece mais preocupada em atacar sites como o NetFlu, mas esquece que um time vencedor começa por um bom técnico. Ah, com todo respeito, Marcão não é essa pessoa. Pode até ser gente boa, mas só tá ali por ter feito campanha pelo então candidato Mário Bitencourt junto com o auxiliar Ailton.

A vaga na libertadores tinha que ser tratada como obrigação. O campeonato tem chances de virar G-8, isso significa que 40% dos times que disputam o Brasileiro estarão na Libertadores 2021. É inadmissível ficar de fora. O “problema” é que uma vaga nessa competição vai exigir da diretoria um técnico decente e contratações que tenham critérios técnicos. Não ser jogador do Uram tem que ser pré-requisito.

Foto: Twitter

Mário Bittencourt, você não performou como presidente do Fluminense. Sabe o Íbis, vulgo pior time do mundo? Então, até eles estão zoando o Fluminense. O que você faz? Se esconde. Quando ganhou o FlaxFlu, sabe lá Deus como, apareceu no vestiário com o humilde “foca a câmera em mim”. Você é um desastre, senhor presidente. Não aceita opiniões contrárias e insiste em ter alguém sem poder para barrar os medalhões que você contratou. Por que ainda tratam a renovação de Hudson e Caio Paulista? Tomem vergonha na cara.

Ah, tinha esquecido. Hoje tem jogo decisivo do projeto Angioni. O famoso sub-23. André, John Kennedy e Samuel foram descartados mais uma vez do profissional para atuar nessa grande competição. Imagina a moral de eliminar o Vila Nova ein? Um dia após o time profissional perder de 5×0. Teremos tempo real no Twitter do Fluminense? Que vergonha, Mário Bitcoin.

Triste para os bajuladores, mas o estrelinha não performou como presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *