Quarto jogador que mais vestiu a camisa do Fluminense, Altair completaria 83 anos

Nesta sexta-feira, 22, Altair completaria 83 anos. Em sua passagem pelas Laranjeiras, entre 1956 e 1970, marcou três gols e acumulou 551 partidas, tornando-se o quarto jogador que mais vestiu as cores verde, branco e grená. Baixinho e franzino, acabou apelidado de “Fiapo”.

Alçado à equipe principal aos 18 anos, o lateral-esquerdo ficou conhecido pela disposição e boa técnica. Além disso, era o algoz dos pontas: raramente perdia divididas. Ganhou, inclusive, o título de melhor marcador de Garrincha.

Pelo Fluminense, o craque venceu o Campeonato Carioca, em 1959, 1964 e 1969; o Torneio Rio-São Paulo, em 1957 e 1960; e a Taça Guanabara, em 1966. Com a camisa da Seleção, participou de 22 jogos e se sagrou campeão mundial em sua primeira Copa, em 1962. Na edição seguinte, em 1966, representou a Canarinho mais uma vez.

Depois de encerrar a carreira como jogador, Altair trabalhou nas divisões de base e integrou diversas comissões técnicas do clube, inclusive a campeã carioca em 1995. Em algumas ocasiões, assumiu o comando interinamente.

Aos 81 anos, o ídolo morreu no dia 9 de agosto de 2019. Dois meses depois, o Tricolor batizou de “Altair Gomes de Figueiredo” o Campo 1 do Centro de Treinamento Carlos Castilho, na Barra da Tijuca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *