Fluminense não ganha do Ceará no Castelão tem 16 anos


Ex volante e atualmente treinador, Marcão era o capitão do time na época da vitória. O jogo foi uma goleada tricolor pelo placar de 4 x 1 pelas semifinais da Copa do Brasil de 2005. O Fluminense precisa vencer o Ceará se quiser carimbar a vaga na Libertadores nessa rodada. O empate do Atlético-MG contra o Bahia em casa, deu ânimo para mais um time possível a se ultrapassar nesse fim de Brasileirão.

Em 2005 comandado por Abel Braga, o Fluminense naquela partida foi a campo com Kléber; Gabriel, Antônio Carlos, Fabiano Eller e Juan; Marcão, Arouca, Diego Souza e Maicon; Leandro e Tuta, enquanto Lino, Schneider e Rodrigo Tiuí entraram depois. Tuta marcou duas vezes, Diego Souza fez um, e Rodrigo Tiuí completou o placar.

Desde o jogo de 2005, o Fluminense foi ao Castelão mais duas vezes enfrentar o Ceará, e foram duas derrotas na conta. 1 x 0 em 2010 e por 2 x 0 em 2019. É mais um tabu a ser quebrado nessa reta final de Campeonato, e quem quer a vaga na Libertadores tem que ir para cima.

Fonte: Ge

Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *