Roger comenta sobre sua experiência em Libertadores da América

Treinador abordou sobre as dificuldades da competição em questão, além de encher a bola dos moleques de Xerém

Eu me considero um profissional bem experiente em Libertadores da América. Tanto como treinador como jogador. É uma competição muito particular, nos temidos sabemos é não é atoa que todo clube deseja estar disputando essa competição todo ano. Desde as primeiras reflexões, o ano da forma que nós acabamos, com o nível de futebol que encerramos a temporada anterior, nos dá um otimismo muito grande. Sobre tudo daqueles jogadores de “peso” com peso relativo dos lugares que eles vem, pois, Xerém tem muito peso. Nos animaram a ponto de criar essa expectativa em torno dessa disputa de Libertadores que nós vamos enfrentar. E é uma competição dura. Eu disputei 7 ou 8 como jogador. Ganhei a primeira, achei que era fácil, e fui disputar outra só depois de 15 anos, aqui nessa casa. 

Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *