Jornalista comenta ” os cinco reforços do Flu não chegam para serem titulares, mas encorpar o elenco…” confira tudo!

O jornalista PVC comenta as contratações de reforços do Tricolor para Libertadores, ou melhor, o pacotão de 5 atletas Bodadilla, Cazares, Braz, Manoel e Abel Hernández, em seu blog no GE. Dizendo o seguinte:

“A Libertadores premiou os clubes mais ricos da América do Sul, nos últimos dois torneios, mas segue sendo capaz de surpresas e de prêmios a quem trabalha com critério. A chegada do Santos à final de 2020 é um sinal disto. Pouca gente acreditou na possibilidade de sucesso santista, que se deu graças a um trabalho brilhante de Cuca e à capacidade de descobrir talentos da Vila Belmiro.

O Fluminense tem a mesma característica. Pode chegar longe na Libertadores, se Roger Machado fizer explodirem talentos de Martinelli, Kayky, Luiz Henrique, John Kennedy e Gabriel Teixeira, mesclando-os com Fred e Nenê.

Onde entra então o pacotão de reforços, com as chegadas de Abel Hernández, Cazares, David Braz, Manoel e Bobadilla? Nenhum deles é craque, todos são fundamentais para aumentar as opções de escalações, especialmente com a enorme quantidade de lesões, suspensões e ausências por covid.

Ninguém, em sã consciência, quererá tirar Luccas Claro da equipe titular, se jogar tudo o que mostrou em 2020. Manoel e David Braz são alternativas para brigarem pela posição, também com Nino e Matheus Ferraz. Vai jogar quem estiver melhor.

Raúl Bobadilla, ex-Guaraní do Paraguai, é jogador de boa velocidade e que sabe fazer gols, teve bom momento no Augsburg, da Alemanha, não brilhou na Libertadores pelo Guaraní, do Paraguai, mas fez dois gols na temporada passada, um deles contra o Palmeiras.

Não é provável que seja destaque do Fluminense na temporada. Talvez os meninos se destaquem mais. Talvez… Mas vai ajudar a rodar o elenco e dar experiência em momentos decisivos. O mesmo vale para Abel Hernández.

De todos, o mais talentoso é Juan Cazares. Mais potencial para ser o destaque individual, dos cinco recém-contratados. Mas Cazares precisa de um alerta. Deve colocar sua qualidade técnica a serviço do time, o que não fez no Atlético e não conseguiu no Corinthians, de onde sai sob a acusação de estar roliço.

Um jogador de futebol não tem o direito de estar roliço e, para jogar bem pelo Fluminense, terá de estar em boa forma física. Neste caso, jogará muito bem, porque tem talento.

Os cinco reforços do Fluminense não chegam para serem titulares. Mas encorpam o elenco para tentar fazer uma grande temporada. E uma boa Libertadores.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *