Meia Daniel entra na justiça cobrando quase R$ 500 mil do Fluminense

O meia Daniel, hoje no Bahia, entrou na justiça cobrando um valor de R$ 487.180,02 mil do Fluminense, clube que revelou o jogador.

A ação que corre no Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região desde o dia 13 abril, pede entre os valores, as verbas rescisórias, FGTS, multas e honorários advocatícios, como noticiou o portal GE.

Formando nas categorias de base do Fluminense, Daniel subiu aos profissionais em 2016, e passou os três primeiros anos de carreira jogando no Oeste e no Botafogo-SP por empréstimo.

Em 2019, o meia retornou ao Tricolor e conquistou uma vaga no time titular ao se destacar sob o comando do técnico Fernando Diniz. Ao fim da temporada, porém, não chegou a um acordo de renovação com o clube e assinou com o Bahia.

Confira os detalhes dos valores cobrados:

  • R$ 164.808,22 de verbas rescisórias (entre saldo de salários, premiações e férias)
  • R$ 88.666,66 de dobra das férias pelos não pagamentos no prazo correto nos períodos de 2015/2016, 2016/2017, 2017/2018 e 2018/2019
  • R$ 19.000,00 de multa pelo artigo 477 da CLT
  • R$ 82.404,11 de multa pelo artigo 467 da CLT
  • R$ 68.755,81 em FGTS não depositados
  • R$ 63.545,22 de honorários advocatícios
  • TOTAL: R$ 487.180,02

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *