Ex Flu, Enderson Moreira sofre infarto, em Minas

Ex técnico do Fluminense e atualmente sem clube, Enderson Moreira sofreu um infarto, neste sábado (08). O treinador, de 49 anos, foi socorrido por um médico e transferido para um hospital em Sete Lagoas, em Minas Gerais.

A informação foi divulgada pela Rádio Itatiaia, que informou ainda que o treinador passa bem, mas ficará em observação nas próximas 24h.

Ainda de acordo com a Rádio Itatiaia, Enderson será encaminhado para um hospital particular de Belo Horizonte e passará por um cateterismo, mas não corre risco de morte.

Treinador com duas passagens pelo Fluminense, sendo uma em 2011 e outra em 2015, está sem clube há mais ou menos duas semanas, período em que foi demitido do comando técnico do Fortaleza.

Foto em destaque: Nelson Perez/FFC

Sobre o autor

23 Replies to “Ex Flu, Enderson Moreira sofre infarto, em Minas”

  1. Two moderate size and three small retrospective cohort studies and one case control study found an association between CYP2D6 reduced metabolizers and decreased RFS or DFS, while three moderate size retrospective cohort studies and one randomized trial retrospectively analysis of both treatment and control groups did find no association or the exact opposite results a decreased recurrence risk among CYP2D6 reduced metabolizers stromectol 12mg online No patient consent was needed

  2. The poll said 39 percent believe the jobless rate will rise more, down from 44 percent previously what does lasix look like Long term use of Concerta for more than four weeks has not been studied, so use of the drug in individual patients should be monitored regularly by the prescribing physician

  3. Erectile dysfunction, also known as male impotence, is an extremely common condition that occurs when a man has difficulty getting and or keeping an erection cialis on line Efficacy and safety of phosphodiesterase type 5 inhibitors on primary premature ejaculation in men receiving selective serotonin reuptake inhibitors therapy a systematic review and meta-analysis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *