Primeiro jogo da final acaba empatado e deixa tudo em aberto para segundo jogo

O Flamengo foi mais dominante durante boa parte do jogo. Com o domínio das ações, conseguiu ameaçar em lance de Bruno Henrique, até que o juiz marcou pênalti em Gerson com o auxílio do VAR. Gabriel foi para a cobrança e, como de costume, converteu, deslocando Marcos Felipe para o outro lado. 

O Flamengo  continuou sendo o senhor do jogo e ameaçou ainda com Arrascaeta e o próprio Gabigol. Do lado Tricolor, a principal oportunidade foi com Kayky, que optou por encher o pé quando deveria ter tentado usar a técnica logo depois do gol do Flamengo.

O Fluminense voltou para o segundo tempo já com uma alteração: Cazares no lugar de Nenê. 

O time tricolor esteve melhor na etapa final e, com o passar do jogo, passou a ter as melhores chances. Apostando na bola aérea – que tem dado resultado no time de Roger Machado e azucrinado a equipe de Rogério Ceni – o Flu conseguiu chegar ao empate após boa bola levantada de Egídio para Luiz Henrique, que encontrou Abel Hernández livre para cabecear. 

O próprio Luiz Henrique ainda teve outra grande oportunidade, mas errou o chute cara a cara com Gabriel Batista.

Final de jogo empatado e tudo em aberto para o próximo final de semana.

Fluminense volta a campo agora no meio da semana pela Libertadores contra o Jr.Barranquilla.

Foto: Mailson SantanaFFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *