Tática Didática: O que o Fluminense precisa para garantir a classificação amanhã contra Junior Barranquila

O Fluminense enfrentará o Júnior Barranquilla pela 5º rodada da fase de grupos da Libertadores da América. O time carioca é o atual líder do grupo e com uma vitória garante a classificação antecipada para a próxima fase da competição continental.

Nessa lógica, o Tricolor empatou com o time colombiano na primeira partida entre as duas equipes, no entanto não apresentou um grande futebol. O time comandado por Roger Machado vem sendo uma equipe bastante competitiva e os resultados corroboram com esse aspecto.

Porém, o Fluminense apresentou alguns déficits táticos contra o Júnior no primeiro jogo.

Principalmente, no que concerne ao alongamento das linhas ofensivas e a falta deste nas linhas defensivas. Na primeira partida, muito em decorrência dessa falta de aproximação das linhas do setor ofensivo, o Júnior dificultou demais a criação do Fluminense. Uma vez, que este fator, gera uma falta de variação ofensiva para a equipe.

Já quanto ao setor defensivo, o time do Fluminense sofreu pela falta de amplitude deste. A amplitude consiste no alargamento horizontal das linhas, e a partir do momento em que há um déficit nesse aspecto, o adversário ao inverter o lado da jogada em velocidade tende a pegar o ponta oposto livre de marcação e com espaço para aprofundar. O Júnior Barranquilla se aproveitou bastante dessa jogada no primeiro confronto.

O Fluminense faz uma grande campanha nesta edição da Copa Conmebol Libertadores. Sob essa perspectiva, o líder do grupo para garantir a classificação antecipada para a próxima fase precisa vencer essa partida. Chegar na última rodada para enfrentar o River fora de casa, já estando classificado, seria um alívio muito grande para o torcedor Tricolor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *