*HOJE É DIA DE FINAL, HOJE É DIA DE Fla-FLU* Opinião Rodrigo Amaral

Hoje é Final, Hoje é Fla-FLU, não precisava ser nascido para saber que nós teríamos um desgosto profundo se a História tivesse acontecido de forma diferente e é isso que nos faz diferente, ninguém precisa estar aqui, fica quem quer, quem comunga dos nossos ideais, da nossa filosofia, fica quem tem bom gosto, quem tem bom senso, longe de ser político, mas fica quem tem sensibilidade e que está do lado do povo! É, ainda dizem que eles que são o time do povo!
Temos muito orgulho de nossa história, forjada pela luta contra o Nazismo ao ajudar o Exército Brasileiro com uma aeronave, temos orgulho da nossa História por sermos o Berço da Seleção Brasileira, A mais campeã do Mundo! Temos orgulho da nossa História por termos contribuído para o crescimento da Cidade do Rio de Janeiro, mesmo que isso tenha nos custado abrir mão de um pedaço de nosso Estádio! Temos Orgulho de sermos quem somos e de não ser como vocês!
E assim como Santa Rita de Cassia que salvou da peste o seu cunhado apenas com oração, hoje salvaremos o Futebol Brasileiro, nem que seja apenas com um Mosaico!
Falando um pouco de história, Fé e devoção, que evoquemos a Força das nossas cores, da nossa camisa, pois ela tem vida e foi muitas vezes ela que nos salvou, assim como no 1° Fla FLU 1912, flu 3×2, ainda bem que não voltaram a remar, É o
Fla FLU da Lagoa 1941, o Titulo com o empate em 2×2 e muitas bolas curadas para a Lagoa e eles fizeram o que sabiam de melhor, remar atrás das bolas, no Carioca de 1969 – Flávio marca no fim 3×2, ou no fla-FLU de 1973, mesmo debaixo de chuva Manfrini e Dionísio garantiram o 4X2, o que falar de1983? O Carrasco degola o Urubu aos 45 do segundo tempo, Apoteose Tricolor! Em 1984, ao som da Bateria da Beija Flor de Nilópolis o Fluminense faz eles sambarem e Assis não perdoa, Fillol vira estatua, afinal gringo não sabe sambar. Vem
1995 – Os operários e GUERREIROS mostram que churrasco bom é o Gaúcho, pois faz crescer a barriga, que também é fonte de inesgotável prazer e mais uma vez Gravatinha estava on! 2005, um dia após a Morte de JOAO PAULO ll , um sonoro 4×1, A benção João de Deus, que virou nosso padroeiro! Como esquecer de 2008 – Creeeeeuuuuu 4×1, o samba vira Funk !
E Hoje é dia de continuar essa história!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *