Com o Brasileirão prestes iniciar, Luccas Claro já mira título: ”Nosso grupo ficou muito qualificado”

Há uma máxima que diz que bons ataques ganham jogos, mas boas defesas ganham campeonatos. Foi baseado numa retaguarda sólida que o Fluminense construiu sua ótima campanha no Brasileiro 2020. Agora, antes da estreia no contra o São Paulo, neste sábado, às 21h, no Morumbi, o Tricolor conta com o entrosamento do setor para que isso se repita em 2021. Luccas Claro projeta até, quem sabe, voos ainda mais altos.

O zagueiro foi um dos pilares da equipe na última edição do Campeonato Brasileiro. E as estatísticas traduzem o que a torcida via em campo. Um jogador seguro, leal e que ajudou o Tricolor a chegar à Libertadores com a quinta colocação na tabela. Para manter a pegada, Luccas Claro destacou a importância de ser resiliente num campeonato tão longo.

Para repetir o que fizemos no campeonato passado, precisamos ter mesmo foco, concentração e dedicação. O nosso grupo, que já era muito qualificado, ficou mais ainda. Então a gente pode acreditar que é possível fazer um grande Brasileiro e até melhorar a nossa colocação pela qualidade que nós temos. Vamos da mesma forma, pensando jogo a jogo para ir crescendo dentro da competição. É importante começar bem e vamos tentar iniciar já em busca dos três pontos, pois num campeonato de pontos corridos cada ponto lá no final pode fazer a diferença. Acredito muito que o Fluminense pode fazer um grande Brasileiro”, declarou o camisa 4.

Os números justificam a idolatria de Luccas Claro, que recebeu inúmeros votos, inclusive, para fazer parte da seleção do campeonato passado. Em 31 jogos, foi o defensor que precisou de mais minutos para levar um drible (656), além de não ter levado um único cartão amarelo e não ter cometido um único erro defensivo, de acordo com informações do SofaScore. O jogador revelou o segredo do bom desempenho.

Realmente é difícil, ainda mais para o defensor, passar um campeonato inteiro sem levar amarelo. O segredo é o trabalho, estar bem fisicamente, estar sempre bem posicionado. Na parte ofensiva, a gente está sempre na primeira marcação e isso faz com que a equipe toda esteja sempre bem posicionada. Às vezes é inevitável, pois precisamos fazer uma falta tática, e se precisar fazer eu vou fazer. Mas acho que o segredo é o bom posicionamento, o trabalho tático, que tem ajudado muito nosso sistema defensivo a ter um bom desempenho”, revelou.

Fonte: Fluminense

Foto: Lucas Merçon/FFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *