Faltam 2 gols para Fred se igualar a Romário na Competição.

Desde que voltou ao Fluminense, Fred tem se habituado a bater recordes e atingir marcas importantes. E nesta quarta-feira o ídolo tricolor tem a possibilidade de alcançar mais um feito pessoal. Se marcar duas vezes na partida contra o Red Bull Bragantino, às 21h30, no Maracanã, o camisa 9 chegará a 36 gols e se igualará a Romário como o maior artilheiro da história da Copa do Brasil. Dos seis principais goleadores da competição, é o único em atividade.

Com a camisa do Fluminense, foram 27 jogos (14 vitórias, 7 empates e 6 derrotas, com um aproveitamento de 60.49%) e 17 gols.

As marcas do ídolo tricolor não param por aí. Além de romper a barreira dos 400 gols na carreira, desde que voltou ao Fluminense Fred se tornou o terceiro maior artilheiro brasileiro na Libertadores (22 gols) e o segundo maior artilheiro da história do Tricolor, agora com 186 gols – atrás apenas de Waldo (319).

Na Libertadores, Fred ultrapassou Jairzinho e se igualou a Célio Taveira (ex-Vasco e Nacional-URU, clube pelo qual marcou todos os seus 22 gols no torneio). Único jogador entre os cinco primeiros ainda em atividade, o camisa 9 do Time de Guerreiros está agora a três gols de se igualar e a quatro de ultrapassar Palhinha, o vice-líder do ranking, com 25 gols. O brasileiro com mais gols na história da competição continental é Luizão, com 29..

Além disso, Fred é o maior artilheiro da história do Brasileirão por pontos corridos, com 152 gols. Ele é o quarto da lista geral, contabilizando todos os formatos de disputa, e assumirá a vice-liderança isolada se marcar três vezes no campeonato em 2021. Ele ultrapassaria Edmundo (153) e Romário (154) e ficaria atrás somente de Roberto Dinamite (190).

Maiores artilheiros da Copa do Brasil:

1– Romário (36 gols)
2– Fred (34 gols)
3– Viola (29 gols)
4– Oséas e Paulo Nunes (28 gols)
5– Dodô (26 gols)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *