Futuro de Ganso segue incerto e dependendo de acerto financeiro entre Flu e Santos

O destino do meia Paulo Henrique Ganso ainda segue incerto. O camisa 10 do Fluminense que entrou durante o segundo tempo da vitória do Flu por 2 a 0 sobre o RB Bragantino, ainda segue na mira do Santos e pode deixar o Tricolor.

Segundo informações do portal GE, o jogador é desejo do técnico Fernando Diniz, como quem trabalhou em 2019 no próprio Fluminense, período inclusive em que Ganso teve o melhor momento com a camisa Tricolor.

A primeira oferta do Santos, feita há duas semanas, de arcar com uma pequena parte dos vencimentos do meia, foi recusada. Em outra oferta, chegou-se a um consenso de que a negociação pode evoluir com uma divisão do salário meio a meio. Em crise financeira, o Santos teria que fazer um esforço de caixa, mas mantém a cautela. Internamente, o Peixe se divide entre quem apoia o retorno do meia, que passou pela Vila Belmiro de 2006 a 2012, e quem é contra.

O Santos é comandado, atualmente, por nove membros do Comitê de Gestão: o presidente, o vice e outros sete dirigentes não remunerados. Para Ganso ser contratado, a maioria precisa aprovar. Se decidir avançar nas negociações, o Peixe ainda precisará discutir com o Fluminense as cláusulas do contrato de empréstimo até o fim da temporada.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *