Fred pode se tornar o maior artilheiro da história da Copa do Brasil, só falta um gol. Leia!

Ídolo tricolor está a um gol de se igualar a Romário e a dois de se isolar no topo da lista

Passo a passo, Fred vai escrevendo novos capítulos de sua já gloriosa carreira. E nesta quarta-feira, quando a bola rolar a partir das 21h30, o ídolo tricolor tem a oportunidade de novamente fazer história. Se balançar as redes contra o Red Bull Bragantino, no Estádio Nabi Abi Chedid, se tornará o maior artilheiro da Copa do Brasil em todos os tempos. Com 35 gols, ele está a um de se igualar a Romário e a dois de se isolar no topo da lista.

Dos seis principais goleadores da história da competição, Fred é o único em atividade. Depois do primeiro jogo do confronto com o time do interior paulista, vencido pelo Fluminense por 2 a 0 (com um gol do camisa 9), ele comentou a possibilidade de atingir mais uma marca importante na carreira.

“Feliz pelo gol, espero fazer mais um lá para encostar no meu ídolo (Romário), nosso ídolo do Brasil. Espero poder fazer esse ano porque o fim (da carreira) está próximo”, declarou Fred, que tem 28 jogos (14 vitórias, 7 empates e 6 derrotas) e 18 gols com a camisa do Fluminense na Copa do Brasil.

Desde que voltou ao Fluminense, Fred tem se habituado a bater recordes e atingir marcas importantes. Além de romper a barreira dos 400 gols na carreira, o camisa 9 se tornou o terceiro maior artilheiro brasileiro na Libertadores (22 gols) e o segundo maior artilheiro da história do Tricolor, agora com 188 gols – atrás apenas de Waldo (319).

Na Libertadores, Fred ultrapassou Jairzinho e se igualou a Célio Taveira (ex-Vasco e Nacional-URU, clube pelo qual marcou todos os seus 22 gols no torneio). Único jogador entre os cinco primeiros ainda em atividade, o camisa 9 do Time de Guerreiros está agora a três gols de se igualar e a quatro de ultrapassar Palhinha, o vice-líder do ranking, com 25 gols. O brasileiro com mais gols na história da competição continental é Luizão, com 29.

Além disso, Fred é o maior artilheiro da história do Brasileirão por pontos corridos, com 152 gols. Ele é o quarto da lista geral, contabilizando todos os formatos de disputa, e assumirá a vice-liderança isolada se marcar três vezes no campeonato em 2021. Ele ultrapassaria Edmundo (153) e Romário (154) e ficaria atrás somente de Roberto Dinamite (190).

Maiores artilheiros da Copa do Brasil:

1– Romário (36 gols)
2– Fred (35 gols)
3– Viola (29 gols)
4– Oséas e Paulo Nunes (28 gols)
5– Dodô (26 gols)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *