Luccas Claro em boa fase sonha com seleção e elogia Nino. Leia!

Zagueiro destacou o bom aproveitamento do Flu em meio a uma maratona de jogos

A construção da boa fase do Fluminense, classificado para as oitavas de final da Libertadores e da Copa do Brasil, além de ainda invicto no Brasileirão, passa por uma defesa sólida, que desde a última temporada tem se mostrado um dos pontos fortes da equipe. Para Luccas Claro, que concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, no CT Carlos Castilho, os méritos são de um coletivo forte.

“Nós enfrentamos grandes equipes. Mesmo estando bem posicionado, as vezes acontece de sofrer um gol. Acho que o nosso time estava se comportando bem. E mesmo levando gol o nosso time sempre vem fazendo também”, destacou.

Mas, apesar de dividir os méritos com todo o time, Luccas Claro fez questão de tecer elogios ao seu companheiro de zaga. Para o camisa 4, Nino fez por merecer a convocação para a seleção olímpica no último período de preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

“O Nino é um grande companheiro. Acredito que é o melhor zagueiro atuando no Brasil. Então é importante ter a volta dele. Quem ganha é o Fluminense. Quem jogar vai estar representando bem essa camisa”, resumiu.

Mas o próprio Luccas Claro não fica atrás. Um dos destaques do último Brasileiro, o defensor recebeu votos para entrar na seleção do campeonato e pedidos por uma oportunidade na seleção brasileira do técnico Tite. Com os pés no chão, ele admitiu que sonha vestir a amarelinha, mas preferiu focar em seu trabalho no Fluminense.

“Seleção é um sonho de qualquer atleta, mas não coloco como objetivo para não tirar o meu foco do Fluminense, que é o clube que me abriu a porta, me acolheu, onde vivo o meu dia a dia. Procuro estar focado 100% acreditando que o melhor sempre está por vir”, revelou.

Depois de garantir a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil no difícil confronto com o Red Bull Bragantino, o Time de Guerreiros volta a enfrentar a equipe de Bragança Paulista, no interior de São Paulo, desta vez pelo Campeonato Brasileiro. Luccas Claro comentou a partida da última quarta-feira e destacou a maratona de jogos duros que o Fluminense vem atravessando.

“A gente sabia que mesmo com a vantagem seria muito difícil, pela qualidade do Bragantino. Vimos como muitos times ficaram de fora, que mostra como a Copa do Brasil é difícil”, disse ele, antes de completar: “Uma maratona bem pesada. Os sorteios não estão sendo fáceis. A equipe vem dando uma boa resposta. Fisicamente estamos bem. Contra o Bragantino era natural recuar na partida. Eles precisavam do resultado e iriam pra cima de qualquer forma. O mata-mata ele não desgasta só fisicamente. Mentalmente também. Cansa muito saber que qualquer vacilo você pode estar desclassificado de uma competição tão grande. No Brasileiro cada ponto é importante, mas mentalmente o desgaste é maior no mata-mata”.

O defensor projetou o duelo deste domingo, no Estádio Nabi Abi Chedid, às 20h30, e voltou a elogiar o adversário.

“O Bragantino é uma equipe muito boa, qualificada e bem treinada. Tem jogadores leves do meio pra frente. Não tem um jogador fixo no ataque. Rodam bastante e dificultam a marcação. E é bem ensaiado. Vão fazer um Brasileiro sólido”.

Por fim, Luccas Claro falou sobre o sistema de jogo do Tricolor e a importância de ficar com a bola no pé.

“A posse de bola é muito importante, tanto pra chegar mais perto do gol adversário como para estar respirando na partida. O que falo é que a gente precisa sustentar bem, independente da posse, e assustar o adversário. Não podemos só defender, defender e não atacar”.

Foto: Lucas Merçon/FFC
Texto: Comunicação/FFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *