Martinelli se diz pronto para voltar ao time.

Volante está à disposição para a partida contra o Santos nesta quarta, no Maracanã

Desde que foi promovido ao elenco profissional do Fluminense, no ano passado, Martinelli tomou conta da posição como se fosse um veterano. Com números impressionantes após 33 jogos pelo clube e peça importante no time tricolor, o volante volta a ficar à disposição do técnico Roger Machado para a partida contra o Santos, nesta quarta-feira, às 19h, no Maracanã, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Na última rodada, Martinelli não foi relacionado para preservar a parte física em meio à maratona de jogos que o Fluminense vem enfrentando. O período de descanso, segundo o próprio jogador, foi importante para que ele retomasse suas melhores condições.

“Estou bem, esse descanso é bom para todo jogador, deixa a gente mais disposto dentro de campo. Neste período a gente também tem todos os treinamentos para recuperar a parte física. Estou pronto para voltar e ajudar o Fluminense”, garantiu o jogador, que prevê uma partida complicada no Maracanã:

“A gente sabe que vai ser um jogo muito difícil, que o Santos é um adversário muito qualificado. Então nós fizemos os últimos ajustes, estamos bem preparados e esperamos conseguir esses 3 pontos que serão muito importantes para a nossa sequência no campeonato.

O retorno de Martinelli anima o torcedor tricolor. E não é à toa. Desde que estreou com a camisa do Fluminense, o jogador já marcou 3 gols e deu 3 assistências. Além disso, nas 33 partidas que fez, tem 87% no acerto de passe, soma 58 desarmes, 49 interceptações e não cometeu nenhum erro defensivo, de acordo com estatísticas do site SofaScore. Na atual edição do Brasileirão, após dois jogos, o volante é o jogador com maior eficiência no passe longo de toda a competição, com 7 acertos em 7 tentativas.

Os ótimos números, na análise do próprio jogador, são fruto de um bom trabalho coletivo, que potencializa as individualidades. Em seu caso específico, o camisa 38 dividiu os méritos com Yago Felipe. A parceria dos dois no meio-campo tricolor vem se mostrando cada vez mais afinada, graças a muito trabalho e conversa.

“Yago é um grande cara, uma grande pessoa. Além de um ótimo jogador, é um amigo meu. A gente sempre conversa nos treinamentos, tenta ajustar posicionamento. Estamos nos conhecendo cada vez mais e isso facilita muito a nossa disposição em campo. E é algo muito importante para a equipe. A torcida pode esperar muito de nós dois, nunca vai faltar raça para ajudar sempre o Fluminense”, prometeu.

A partida contra o Santos acontece um dia após o aniversário do Maracanã, onde a equipe atuará pela primeira vez neste Brasileirão. Para um garoto de apenas 19 anos como é Martinelli, atuar no lendário estádio é sempre uma honra.

“O Maracanã é um dos principais estádios do mundo inteiro. Do Brasil, para mim, é o maior. É uma honra sempre jogar nele. E nosso time fica muito confortável quando joga no Maracanã. A gente vem de grandes jogos lá, por Libertadores e Copa do Brasil. A gente fica muito à vontade e espera ir bem também pelo Brasileiro”, pontuou.

Fotos: Lucas Merçon e Mailson Santana/FFC
Texto: Comunicação/FFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *