Pensando no futuro, Fluminense decide ficar com os 10% de Praxedes do que receber os 4 milhões

Maior contratação da história do clube paulista, o volante de 19 anos foi comprado junto ao Internacional por € 6 milhões de euros (aproximadamente R$ 37 milhões).

O Fluminense, que formou o jogador em Xerém e tem 10% de seus direitos econômicos, poderia ter lucrado cerca de R$ 4 milhões, mas preferiu manter a porcentagem de olho em uma venda futura do jovem.

Recentemente, uma proposta do exterior por Praxedes repercutiu entre os torcedores do Fluminense e fez vir à tona que o Tricolor, atualmente, possui 10% dos direitos econômicos do volante de 19 anos, e não mais os 50% que detinha quando o jogador seguiu para o Inter.

Na ocasião, o ge apurou  o destino desses 40%. No ato da venda, foi estabelecida uma cláusula que o Inter poderia comprar, posteriormente, mais 20% dos direitos pelo valor de R$ 500 mil, opção exercida pelo Colorado no ano passado. Os demais 20% foram negociados com o próprio atleta, também em 2020, para quitar uma dívida de cerca R$ 1,3 milhão com os empresários do jogador e evitar que o caso fosse levado à Justiça.

Fonte: Ge

Foto: Divulgação 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *