Quando e como o time saiu do trilho, na partida de hoje? Veja respostas de Roger Machado

Roger foi perguntado em coletiva após a derrota do Flu para o Furacão. Quando e como time saiu do trilho ? Preocupa para Libertadores?


– Me preocupa, sobretudo, que esses 50 dias que nós temos de jogo quarta e domingo, a gente não consiga treinar alternativas para esses momentos que os resultados, assim como rendimento e atuação, eles deixam a desejar. A gente busca pegar o melhor momento tecnicamente de cada jogador dentro do elenco, tentar recuperar jogadores, que eles possam repetir seus melhores momentos que tiveram. E coletivamente a gente poder voltar a render o que há quatro rodadas estava fazendo.

– A intensidade das nossas partidas caíram em função da sequência e naturalmente tecnicamente algum jogador vai se ressentir. Daqui para esses jogos (decisivos), não há muita mudança a fazer do ponto de vista de estrutura. O que a gente precisa fazer é recuperar os jogadores do ponto de vista emocional e dar confiança para que, dentro do modelo que a gente conseguiu os melhores momentos, a gente volte a fazer. É o que não dá é para que a gente entenda que é terra arrasada, que tudo está errado, mesmo diante de um resultado que nos entristece e tenho certeza que deixa o torcedor extremamente decepcionado, mas a gente tem que analisar com tranquilidade.

– Hoje foi um dia ruim ou partes de um dia ruim que resultou em um resultado e atuação ruins. Porque se a gente tiver falando dos primeiros 30 minutos de jogo, a gente poderia ter um panorama diferente, mas não aconteceu, as oportunidades que criamos, não concluímos em gol. E o adversário, sim. Esse grupo está acostumado a reagir bem quando pressionado, porque sabe que não fez um bom jogo. Vamos recuperar todo mundo e olhar para frente.

foto Lucas Merçon Flick Fluminense Football Club

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *