Confira como foram os últimos Fla x Flus fora do Rio no século 21

Clássico quando disputado fora do Rio, está sendo bem disputado. O Ge listou com alguns detalhes os últimos confrontos entre os dois rivais cariocas, fora da Cidade Maravilhosa. 

21/02/2016 – Flamengo 2 x 1 Fluminense, no Mané Garrincha, em Brasília

Foi a primeira vez na história do Campeonato Carioca, que completou 110 anos em 2016, que um jogo foi disputado fora do Estado do Rio de Janeiro. Na época, o Maracanã e Engenhão estavam fechados por conta dos Jogos Olímpicos, e o clássico foi levado para o Mané Garrincha, em Brasília. Sob chuva e sob os olhares dos 32.024 torcedores presentes, o Flamengo levou a melhor e venceu por 2 a 1.

Logo aos 13 minutos de jogo, Mancuello cobrou escanteio rasteiro, Cavalieri falhou e Willian Arão abriu o placar. Aos dois da segunda etapa, Guerrero, de cabeça, ampliou, e Gustavo Scarpa, de falta, diminuiu, aos 38. A partida ainda ficou marcada por três expulsões: de Wallace e Cuéllar, pelo Fla, e Marcos Junior, pelo Flu.

20/03/2016 – Flamengo 0 x 0 Fluminense, no Pacaembu, em São Paulo

74 anos depois, um Fla-Flu voltava a ser realizado no Pacaembu: o primeiro, em 1942, terminou em 0 a 0. Quis o destino (e os jogadores em campo) que o segundo, em 2016, terminasse com o mesmo placar.

Cerca de 30 mil torcedores – a maioria flamenguista – lotou o estádio e fez São Paulo parecer um pouco o Rio, ainda mais com um jogo de Carioca, mas em campo o espetáculo deixou a desejar. Diego Cavalieri apareceu para salvar o Fluminense duas vezes, e o juiz não viu puxão de Juan em Fred dentro da área. Fora isso, só uma cabeçada para fora de Cícero… Pouco para a expectativa criada fora das quatro linhas.

21/02/2016 – Flamengo 1 x 2 Fluminense, na Arena das Dunas, em Natal

Ainda sem o Maracanã, em razão da Rio 2016, Flamengo e Fluminense voltaram a se enfrentar fora do Rio. A partida, válida pelo Campeonato Brasileiro, foi levada para a Arena das Dunas, em Natal, e o Tricolor “revidou” com o mesmo placar de quatro meses antes: 2 a 1.

Em clássico recheado de erros, todos os gols saíram no segundo tempo: o Flu abriu o placar com Willian Arão (contra), aos três, e sofreu o empate nove minutos depois com bobeada de Gum e oportunismo de Guerrero. Richarlison, então, foi o herói da noite: entrou aos 26 e, aos 30, aproveitou falha de Rafael Vaz para marcar seu primeiro gol pelo clube e garantir a vitória tricolor.

No Campeonato Carioca de 2017, Flamengo e Fluminense voltaram a se enfrentar longe do Rio e foram disputar o clássico pela primeira (e única) vez no Estádio Kléber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo. Após as Olimpíadas, o Maracanã estava sem definição sobre qual empresa o controlaria pelos próximos anos e, por isso, quase não estava sendo utilizado.

Com as duas equipes já classificadas para as semifinais da competição (o Flu por ter sido campeão da Taça Guanabara, e o Fla pela melhor campanha geral), os dois técnicos optaram por poupar e viram seus comandados empatarem em 1 a 1. Wendel marcou o seu primeiro gol como jogador profissional e abriu o placar para o Tricolor, aos 37 do segundo tempo, mas nos acréscimos Arão deixou tudo igual.

24/02/2018 – Fluminense 4 x 0 Flamengo, na Arena Pantanal, em Cuiabá

Outra vez com o Maracanã fechado – dessa vez, em razão de eventos e shows musicais –, Fluminense e Flamengo decidiram levar o clássico para a Arena Pantanal, em Cuiabá. Mesmo com o Tricolor mandante, os dois clubes fizeram um acordo e dividiram a cota e não tiveram custos. Caso optassem pelo Nilton Santos, por exemplo, teriam de negociar com o Botafogo e pagar aluguel.

Em campo, os titulares do Flu dominaram o time misto do Fla, que havia ganhado a Taça Guanabara e estava de olho na Libertadores, e aplicaram uma goleada de 4 a 0, encerrando um jejum de vitórias contra o arquirrival que durava desde junho de 2016.

07/06/2018 – Fluminense 0 x 2 Flamengo, no Mané Garrincha, em Brasília

O último Fla-Flu longe do Rio foi no Brasileirão de 2018. Na ocasião, o Tricolor, mandante do clássico, viu no jogo uma oportunidade de pagar uma dívida antiga com o ex-jogador Roni, que em 2016 comprou seis mandos de campo do Fluminense por R$ 5 milhões, mas o clube havia cumprido apenas quatro.

No campo do Mané Garrincha, o Flamengo, líder do Brasileirão na época, foi superior diante de um Tricolor enfraquecido por desfalques e venceu por 2 a 0, com grande atuação de Vinicius Junior e gols de Henrique Dourado (lei do ex) e Felipe Vizeu.

Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC

Fonte: Ge

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *