Fluminense sofre penhora milionária no valor que teria direito pela venda de Gerson

A negociação entre Flamengo e Olympique de Marseille envolvendo o meia Gerson, renderia um valor de cerca de R$ 4 milhões ao Fluminense por conta do mecanismo de solidariedade da Fifa, por conta do jogador ter sido revelado pelo Tricolor.

Contudo, segundo noticiado pelo portal ENM, o clube das Laranjeiras teve quase R$ 2 milhões deste valor penhorado na Justiça, em ação favorável ao goleiro Fernando Henrique.

O juiz Celio Baptista Bittencourt, da 55ª Vara do Trabalho do Rio do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1), atendeu neste fim de semana ao pedido de Fernando Henrique, e determinou que o Flamengo não repassasse o valor de R$ 1.936.467,92 ao Fluminense, por este mecanismo de solidariedade da venda de Gerson, e sim depositasse em juízo para cumprimento da penhora. Além disto, as contas do Tricolor das Laranjeiras foram bloqueadas.

A ação de Fernando Henrique contra o Fluminense na Justiça corre desde 2013. “O clube executado vem se utilizando do expediente de pedir suspensão das execuções a fim de ganhar tempo e procrastinar o feito, com o que o autor não concorda. Se quisesse celebrar acordo teria primeiro que contactar o patrono da parte contrária para apresentar proposta concreta, o que não ocorreu”, apontou a defesa do goleiro, que completou:

O valor objeto da execução é confessado pelo clube devedor. (…) Não procede a oportunista alegação de difuculdades financeiras causada pela pandemia – argumento padrão dos devedores para se furtarem de arcar com suas obrigações. No caso do clube executado, celebrou diversas vendas de atletas recentemente – alegou a defesa.

Foto em destaque: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *