Tecnico Roger destacou perseverança de Lucca para ganhar oportunidade

Atacante tricolor ficou afastado até mesmo do banco de reservas em inúmeras ocasiões na temporada, voltou a campo ontem no clássico contra o Flamengo, e mostrou movimentação no setor de ataque. 

Em entrevista coletiva, após a vitória por 1 x 0, pela nona rodada do Brasileiro, o treinador do Flu, comentou sobre a força de vontade e calma do atleta para receber novas chances.

– Não é porque a gente venceu o clássico que está tudo certo novamente. Nós temos muitas coisas para corrigir ainda, mas de fato a vitória no clássico, da forma como foi, dá uma tranquilidade maior. Lá no começo do ano, ainda quando o Michel (Araújo) estava aqui, eu o chamei, junto com o Caio, e disse que passaria Biel e Kayky na frente porque eu precisava ver eles jogando, para ver se aguentariam esse processo e se poderiam ser incorporados e vir como reforços de Xerém naquele momento. No Estadual, eles foram muito bem, e o Caio se resignou a trabalhar para esperar a oportunidade. Eu passei também na frente do Lucca alguns jogadores, o Lucca abaixou a cabeça e trabalhou. Isso é acreditar no comando e no processo. Lucca vinha fazendo grandes treinos, e eu sempre frisava: “Continua assim, quando aparecer brecha, eu vou colocar em campo…”. O André da mesma forma. É um processo diário, que por vezes o torcedor não tem acesso – destacou.

Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *