Fluminense embolsa pouco mais de meio milhão por “aluguel” do Maracanã

Com o Maracanã cedido para a Copa América, a Conmebol teve de pagar uma grana pelo aluguel do estádio.

Por privar Flamengo e Fluminense de algumas rodadas sem seu campo, a entidade desembolsou R$ 1,2 milhão como forma de compensação a rubro-negros e tricolores.

Além deste dinheiro, a entidades também arcou com os custos para a reforma do campo, alvo frequente de queixas de jogadores e treinadores.

Na última quarta-feira (07), o engenheiro agrônomo do Maracanã, Gabriel Rodrigues, realizou mais um teste de performance utilizando equipamentos que medem tração, umidade, compactação e altura de corte no gramado do estádio, o único de futebol do Brasil que possui esta tecnologia. O campo está aprovado para receber a final da Copa América, entre Brasil e Argentina, no próximo sábado, às 21h.

Foto em destaque: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *