A Conmebol suspende os árbitros, que cometeram o erro no Jogo entre Flu e Cerro.

A Conmebol suspendeu por tempo indeterminado, o árbitro de vídeo e o auxiliar de VAR envolvidos no erro de arbitragem que marcou impedimento em um gol legal do Cerro Porteño contra o Fluminense, no jogo desta terça-feira, em Assunção.

O argentino Julio Fernandez e os chileno Cesar Deishler e Eduardo Gamboa seriam assistente, auxiliar de VAR e árbitro de vídeo em Olimpia x Internacional desta quinta-feira, também na capital paraguaia, e foram substituídos por Diego Riveiro, Estebenan Ostojich e Pablo Llarena, todos uruguaios. O árbitro Facundo Tello, que seria 4º árbitro na partida, também foi retirado, mas não recebeu punição da confederação.

A Conmebol informou os afastamentos após análise da comissão de arbitragem, presidida pelo ex-árbitro brasileiro Wilson Seneme. No comunicado, a entidade classificou o episódio ocorrido em Cerro x Flu como “erro grave e manifesto”. Os envolvidos passarão por uma reciclagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *