Mesmo com a derrota, Roger acredita em virada dentro do Maracanã

O Fluminense foi derrotado por 2 a 1 para o Criciúma, na noite desta terça-feira (27), em Santa Catarina, pelo primeiro jogo das oitavas de finais da Copa do Brasil. Apesar do revés, o técnico Tricolor acredita em uma virada no confronto:

São três derrotas, duas no Brasileiro e uma na Copa do Brasil. Porém, essa da Copa do Brasil é parcial. Temos plenas condições de reverter esse resultado em casa fazendo um jogo diferente. Um jogo mais parecido do que fizemos com o Cerro no Paraguai, por exemplo, do que o dessa noite de hoje – comentou o treinador, que acredita ainda em uma virada dentro dos próximos 90 minutos:

A postura é de quem estará jogando dentro de casa, precisando de um resultado de vitória para conquistar uma classificação. Não tem nada de muito diferente. Quando você joga em casa você precisa propor o jogo, colocar intensidade, buscar o resultado. Ainda mais em uma situação como essa. Mas é um resultado que é perfeitamente possível de conquistar pela nossa qualidade, pelos jogos que já fizemos, mas, sobretudo, pelo fato de nós termos que tirar essa diferença que o adversário conquistou em casa. A disputa está em aberto. Mas, evidentemente, tem que ser diferente do que fizemos hoje – finalizou.

Vale lembrar que a Copa do Brasil não adota mais o critério de gol qualificado. Assim, para garantir a classificação dentro dos 90 minutos, o Flu precisará de uma vitória por dois ou mais gols de diferença. Caso de vitória do Flu por um gol de diferença o confronto será decidido nos pênaltis. Empate classifica o Criciúma.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *