Fluminense vence o Criciúma e se classifica para as quartas da Copa do Brasil

O Fluminense está nas quartas de final da Copa do Brasil. Neste sábado (31/07), o Tricolor derrotou o Criciúma por 3 a 0 no Maracanã e carimbou seu passaporte para a próxima fase. Manoel, Gabriel Teixeira e Luiz Henrique marcaram os gols. O Time de Guerreiros vai conhecer seu adversário no confronto por uma vaga na semifinal através de um sorteio que será realizado pela CBF no próximo dia 6 de agosto, às 15h, na sede da entidade, na Barra da Tijuca.

Agora, o Tricolor concentra suas atenções na Libertadores. Na terça-feira (03/08), o Time de Guerreiros enfrenta o Cerro Porteño, do Paraguai, pelo jogo de volta do confronto de oitavas de final da competição continental. Após vencer na ida por 2 a 0, em Assunção, a equipe do técnico Roger Machado poderá até perder por um gol de diferença que ainda assim garante a classificação para as quartas de final, para enfrentar o Barcelona de Guyaquil, do Equador.

O Fluminense partiu para cima com tudo e abriu o placar logo aos 3 minutos. Egídio fez cruzamento perfeito e encontrou Manoel, que cabeceou firme para o fundo das redes. Aos 22, o Tricolor se lançou ao ataque novamente. Após cobrança de escanteio de Nene pelo lado esquerdo, Luccas Claro subiu mais do que todo mundo e cabeceou, mas a bola saiu pela linha de fundo. Em novo escanteio, após sobra da defesa na área, Yago tentou a finalização, mas foi travado. O Tricolor seguiu pressionando, tentando atravessar a retranca adversária. Aos 45, Gabriel Teixeira recebeu bola bola na entrada da área e tentou encontrar Fred no meio, mas a zaga fez o corte.

Segundo tempo

O Tricolor novamente iniciou a etapa pressionando e ampliou o marcador aos 7 minutos. Luiz Henrique acionou Gabriel Teixeira na entrada da área, o camisa 39 bateu com muita categoria e a bola entrou no ângulo. Mas não parou por aí. 

Logo depois, aos 9, Fred atuou como garçom e deu passe açucarado para Luiz Henrique chutar cruzado e marcar o terceiro. O Fluminense seguiu no ataque e teve outra boa oportunidade aos 15. Yago recebeu e arriscou o chute de longe. 

A bola passou com perigo perto da trave do goleiro. O quarto gol quase saiu aos 32. Egídio cobrou falta com perfeição e encontrou Ganso na área. O camisa 10 cabeceou para baixo, a bola quicou e saiu com capricho por cima do travessão.

Foto: Lucas Merçon/FFC

Deixe uma resposta