Roger tem o maior aproveitamento entre técnicos do Flu na Libertadores

Ele tem 5 vitórias, 2 empates e somente 1 derrota, com 70,83% de aproveitamento

A vitória por 1 a o sobre o Cerro Porteño nesta terça-feira, no Maracanã, carimbou o passaporte do Fluminense para as quartas de final da Libertadores. E, mais do que isso, ajudou Roger Machado a se tornar o técnico com o maior aproveitamento comandando o Tricolor em toda a história da competição. Ao todo, ele agora soma cinco vitórias, dois empates e somente uma derrota, totalizando um desempenho de 70,83%.

Com esses números, Roger Machado ultrapassou Renato Gaúcho, que em 2008 teve aproveitamento de 69,05%. Na campanha do vice-campeonato naquele ano, o Fluminense teve nove vitórias, dois empates e três derrotas.





Nas quartas de final da competição, o Fluminense terá pela frente o Barcelona de Guayaquil. O jogo de ida do confronto está marcado para o próximo dia 12 (quinta-feira), às 21h30, no Maracanã. O jogo de volta será uma semana depois, no dia 19, no mesmo horário, no Estádio Monumental de Barcelona, no Equador.

Top 5 de técnicos do Flu em aproveitamento na Libertadores:

1º- Roger Machado – 70,83% (8 jogos, 5 vitórias, 2 empates e 1 derrota)
2º- Renato Gaúcho –  69.05% (14 jogos, 9 vitórias, 2 empates e 3 derrotas)
3º- Zagallo – 66.67% (6 jogos, 4 vitórias e 2 derrotas)
4º- Enderson Moreira – 60% (5 jogos, 3 vitórias e 2 derrotas)
5º- Abel Braga – 58.33% (20 jogos, 10 vitórias, 5 empates e 5 derrotas)

Foto: Lucas Merçon/FFC
Texto: Comunicação/FFC

Sobre o autor