Ravena relembra momento difícil e comemora retorno aos treinos: “Estou muito feliz”

Heroína na conquista do Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18 na edição de 2020 após defender quatro cobranças de pênaltis no Beira-Rio, a goleira Ravena não pôde estar com a equipe para a disputa do Brasileirão deste ano devido a uma fratura no dedo anelar sofrida durante um treinamento no CTVL, em Xerém, onde teve de ser submetida à uma cirurgia na mão direita. A arqueira relatou o momento difícil que vivenciou após a operação.

Foi muito difícil e eu fiquei muito abalada com a notícia. Um momento muito doloroso, principalmente por saber que eu não poderia treinar com as minhas companheiras e que ficaria fora do Campeonato Brasileiro Sub-18, mas Deus tem um propósito na minha vida e tenho certeza que nada disso foi em vão”, contou.

Ravena também falou sobre a fisioterapia e o retorno aos treinamentos no Centro de Treinamento Vale das Laranjeiras. “Ainda faço fisioterapia porque sinto dificuldade para fechar a mão e estamos trabalhando nisso. Um passo de cada vez, mas estou muito feliz por estar treinando novamente. Essa foi a minha conquista. Graças a Deus minha recuperação está sendo bem rápida”, finalizou a arqueira.

Fonte: Redação F.F.C

Foto: Adriano Fontes/ Divulgação FFC

Sobre o autor