Samuel Xavier diz ter virado a chave para o Brasileiro.

Lateral disse que uma vitória domingo pode dar confiança para decisão na Libertadores

Imerso em uma verdadeira maratona de jogos de três competições que se revezam, o Fluminense já se habituou a virar a chave e focar sempre na próxima partida. Depois de iniciar o confronto de quartas de final da Libertadores, contra o Barcelona de Guayaquil-EQU, a ordem é deixar o torneio continental de lado por enquanto e se concentrar apenas na partida contra o Internacional, neste domingo (15/08), às 20h30, pela 16ª rodada do Brasileirão.

O lateral direito Samuel Xavier destacou a importância do campeonato nacional para o Fluminense. Embora a Libertadores seja um dos principais objetivos da equipe na temporada, o elenco está focado em escalar posições na tabela e se reaproximar do pelotão de cima da competição.

“A gente já está nessa pegada de virar a chave entre as três competições. A gente sabe o quanto isso é difícil, pois junta tudo, lado psicológico e cansaço, mas a gente tem que enfrentar isso. Temos esse jogo contra o Inter, fora de casa, e precisamos recuperar as posições no Brasileiro”, alertou.

O Fluminense ocupa neste momento o 13º lugar na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 17 pontos, mas com um jogo a menos em relação aos adversários, já que a partida contra o Juventude, pela 14ª rodada, foi adiada. Para Samuel Xavier, o confronto deste domingo, além de uma oportunidade de o time dar a volta por cima na competição nacional, é também uma fonte de energia para a decisão da Libertadores na próxima quinta-feira, no Equador.

“Estamos vindo de três resultados que não estavam nos nossos planos, mas precisamos virar a chave e buscar a vitória em Porto Alegre, que será importante também para a retomada da confiança para a decisão de quinta-feira na Libertadores”, destacou.

Foto: Mailson Santana/FFC
Texto: Comunicação/FFC

Sobre o autor