Flu vence o Flamengo no duelo pelo título do Metropolitano Sub-13 e Sub-14

Moleques de Xerém vão à Gávea e vencem o Flamengo, em ambas as categorias, pelos jogos de ida da decisão do campeonato

As equipes Sub-13 e Sub-14 do Fluminense levaram a melhor sobre o Flamengo nos jogos de ida da decisão do Metropolitano de suas respectivas categorias, neste sábado (20/11), na Gávea. Tanto os mais novos quanto os mais velhos superaram o rival por 2 a 1. Os triunfos garantem aos tricolores a vantagem do empate nos confrontos de volta, marcados para o próximo sábado (27/11), em Laranjeiras.

Em um clássico com boas chances e superioridade dos Moleques de Xerém, o Sub-14 buscou a virada contra o adversário. Após sofrer um gol de pênalti, o Flu deu o troco e, em uma penalidade, igualou o marcador, com Arthur Santana. Depois, o camisa 9 voltou a balançar a rede e, assim, garantiu o triunfo. Em uma bela jogada, o centroavante recebeu um lançamento preciso, dominou a bola com categoria e encheu o pé, sem dar chance para o goleiro.

“Tivemos um importante poder de reação. O aspecto mental da nossa equipe também foi muito exigido. Demos uma resposta positiva. Saímos atrás, na casa do adversário, mas conseguimos a virada, importante para nos dar a vantagem do empate no jogo de volta. Jogaremos de forma ofensiva, mas sabemos que uma vantagem é sempre bem-vinda”, diz o treinador Rômulo Rodrigues.

O Sub-13, comandado por Diego Branco, entrou em campo logo na sequência. Com um jogador a mais desde o início do duelo, devido à expulsão do arqueiro rubro-negro, o Tricolor priorizou a posse de bola e apostou na pressão sobre os donos da casa. A equipe abriu o placar com Ruan Sales, mas acabou sofrendo o empate. Nos minutos finais, porém, um lance de bola parada decidiu a partida, com Ryan Pablo marcando o gol da vitória do Fluminense. 

“Foi um jogo difícil. Sabemos do nível de competitividade de um clássico entre Fluminense e Flamengo, principalmente, em uma final. Nos preparamos muito durante a semana. Os meninos vieram focados e atentos aos detalhes. Foi o que determinou a partida. Conseguimos manter a posse de bola, especialmente, no primeiro tempo e do meio para o fim do segundo. Com empenho, saímos com a vitória”, comemora o técnico. 

“Temos uma vantagem, mas não há nada decidido. Precisamos nos preparar, porque o jogo de volta vai ser ainda mais difícil. A equipe do Flamengo é forte, mas a nossa também é qualificada. Vamos treinar muito durante a semana para conquistarmos o título em Laranjeiras, se Deus quiser”, encerra.

Texto: Comunicação/FFC
Foto: Divulgação/FFC

Deixe uma resposta