Após deixar o Fluminense, Bobadilla se reapresenta ao Guaraní, do Paraguai

Bobadilla está de volta ao Guaraní, do Paraguai. Após o fim do empréstimo com o Fluminense no dia 31 de dezembro, o centroavante paraguaio ficou fora dos planos da nova comissão técnica tricolor, comandada por Abel Braga, e o clube optou por não exercer a opção de compra fixada em U$ 150 mil dólares (cerca de R$ 830 mil na cotação atual). O jogador de 34 anos se reapresentou no último fim de semana ao time de Assunção, onde tem contrato por mais uma temporada.

Uma das contratações do pacotão de reforços do Fluminense para a Libertadores de 2021, Bobadilla chegou ao clube como terceira opção para o comando de ataque tricolor, atrás de Fred e Abel Hernández. Durante a temporada, ele chegou a avançar na fila e fazer sombra para o camisa 9, mas voltou a perder espaço na reta final do Campeonato Brasileiro e terminou o ano com 30 jogos (apenas cinco como titular), quatro gols e uma assistência.

Argentino naturalizado paraguaio, Bobadilla tem o apelido de “Tanque” e viveu a sua primeira experiência no futebol brasileiro. Além do Guaraní, do Paraguai, o centroavante também tem passagens por River Plate e Argentino Juniors na Argentina, por Young Boys e Basel na Súiça e por Borussia Mönchengladbach e Augsburg no futebol alemão.

Fonte: Ge
Foto: Divulgação

Sobre o autor