Diniz fala sobre Willian, Michel Araújo e Marrony : ‘quanto a Marrony estreia foi muito boa’ leia na íntegra

Em entrevista coletiva concedida após a vitória de 3×2 do Fluminense sobre o Goiás, foi perguntado sobre Marrony, William e Michel Araújo, e disse:

MICHEL ARAÚJO

– É um jogador que precisamos ter um pouco de calma pelo seguinte: ele ficou um tempo parado e estava disputando uma liga árabe. Eu estive lá no Mundo Árabe, é um futebol completamente diferente. Você não treina quase nada, e o nível de competitividade é muito baixo. Nos treinamentos ele está se adaptando, e o que eu penso dele, o que eu vi ele jogar no Fluminense, é um jogador que me agrada de sobremaneira. É outro jogador que vai nos ajudar muito nesta temporada.

WILLIAN

– O Willian é o recordista de tentativas minhas de trabalhar com ele. Jogador que eu adoro, e como pessoa vocês devem saber que é extremamente diferenciado, da generosidade, profissionalismo. É um ser diferente, ser iluminado. E é um jogador de nível muito alto, classe A. Que às vezes, como todo mundo, passa um momento que as coisas não fluem, mas é um cara que nunca desistiu de trabalhar e hoje foi a demonstração clara e inequívoca de que ele é um grande jogador. Porque o gol que ele fez não foi lance de sorte, o Willian já fez muitos gols como esse. E ter o Willian, o Nathan, o Marrony no banco para poder entrar é um privilégio. Felipe Melo… Todos que entraram, Martinelli… Tem muitos jogadores. O time que não começou o jogo é tão bom quanto, tem jogadores até com mais títulos, com prestígio, esperando para entrar. E esses caras fizeram a diferença hoje.

MARRONY

– A estreia do Marrony foi ótima. Um jogador que também já tentei levar para outros clubes que trabalhei, acredito muito nele, jogador com potencial para o futebol brasileiro. A gente espera oferecer condições para poder brilhar cada vez mais. Foi uma estreia muito boa, contribuiu.

foto Marcelo Gonçalves

Sobre o autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.