Flu sobe de produção no Brasileiro de Aspirantes, com retorno de Apis

Reintegrado ao elenco sub-23 do Fluminense no fim de julho, Gustavo Apis teve papel importante na evolução do time no Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Com o meio-campista na equipe titular, o Tricolor goleou o Botafogo e derrotou o Náutico, garantindo o primeiro lugar do grupo C e a vaga nas quartas de final.

Emprestado ao CRB em janeiro deste ano para ganhar mais experiência, o carioca de 23 anos retornou ao Fluminense após a rescisão de seu contrato com o clube alagoano. No dia 25 de julho se apresentou ao técnico Cadu Antunes e, quatro dias depois, estreou no Brasileiro de Aspirantes. Gustavo Apis entrou no lugar de João Pedro no intervalo da derrota de 2 a 0 para o Sport, em Recife.

Na semana seguinte, contra o Botafogo, fez seu primeiro jogo como titular. Cadu o escalou como segundo volante e o resultado foi a goleada de 4 a 0 sobre o rival. Na rodada seguinte, com a mesma formação, vitória de 2 a 0 sobre o Náutico, com direito a gol de Gustavo Apis, que garantiu o primeiro lugar na chave e a vaga nas quartas de final.

“Não costumo jogar como segundo volante, mas quando o Cadu conversou comigo, topei na hora. Já havia jogado com o Wisney no ano passado e nos entrosamos rapidamente. Estou muito feliz em retornar ao Fluminense e ajudar meus companheiros”, disse o atleta, que tem contrato com o clube até dezembro de 2025.

Atuar como segundo volante não é exatamente uma novidade para Gustavo Apis. Em 2021, quando chegou ao Fluminense emprestado pelo Nova Iguaçu, ele treinou na posição com a equipe principal, na época comandada por Roger Machado. Nas seis partidas que disputou com o time, porém, foi escalado como meia-atacante. Já no Brasileiro de Aspirantes daquele ano, com Ailton Ferraz como técnico, jogou outras seis partidas e atuou como segundo volante apenas em uma.

“Com o Gustavo Apis ao lado do Wisney, temos um time com DNA Tricolor, que joga de forma intensa, buscando a vitória e organizado defensivamente. Buscamos um futebol total, no qual todos participam. Nossos zagueiros sabem construir, os laterais fazem gols, e o Gustavo também tem liberdade para jogar, inclusive marcando gol”, explicou Cadu Antunes.

O time sub-23 do Fluminense volta a campo na próxima quinta-feira (25/08), quando enfrenta o Fortaleza, às 15h, no Centro de Treinamento Ribamar Bezerra, em Maracanaú, Ceará, pelo jogo de ida das quartas de final do Campeonato Brasileiro de Aspirantes.

Texto: Comunicação/FFC
Fotos: Mailson Santana/FFC

Sobre o autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.