Fluminense tem tarde terrível, perde para o Atlético Mineiro e vê título ainda mais distante

O Fluminense perdeu hoje mais uma oportunidade de diminuir a diferença para o líder Palmeiras. Jogando fora de casa, o tricolor errou muito na defesa, foi inofensivo no ataque e saiu derrotado por 2 à 0.

O duelo tinha grande explicativa após os oito gols do primeiro turno. Naquela ocasião, o Flu saiu vencedor por 5 à 3. Desde o primeiro minuto o tricolor dominou a posse de bola, trocava passes, mas não conseguia transformar o domínio de posse em chances de gol. O Atlético, montado para contra atacar, ameaçava mais. Caio Paulista, inexplicavelmente titular, perdeu oportunidade de ouro na cara do goleiro. Cano teve gol bem anulado. Aos 41, a lentidão da defesa custou caro. Hulk saiu na cara do Fábio e abriu o placar.

A torcida acreditava em mudanças no intervalo. Nomes como Matheus Martins e Caio Paulista tinham péssimas atuações; Felipe Melo amarelado. Diniz optou por voltar com a mesma formação. O Flu teve 70% de posse de bola e apenas cinco finalizações. Everson não era ameaçado. A situação piorou. O treinador tricolor optou por sacar Ganso e Matheus Martins para colocar Michel Araújo e Marrony. Poucos minutos depois, Manoel foi expulso após toque de mão dentro da área. Hulk ampliou de pênalti. Resultado desastroso.

Com o resultado, o Flu perdeu a vice-liderança para o Internacional. A próxima partida será contra o Atlético Goianiense na próxima quarta-feira, às 19h, em Goiânia.

Sobre o autor

One Reply to “Fluminense tem tarde terrível, perde para o Atlético Mineiro e vê título ainda mais distante”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *