Nino lamente pênalti marcado a favor do Atlético: “Não tinha como fechar o braço”

O Fluminense perdeu de virada para o Atlético-GO pela 30ª rodada do Brasileiro. A derrota veio no fim do segundo tempo. Segundo o capitão Nino, o primeiro gol do adversário foi determinante para mudar o resultado do jogo.

O primeiro gol do Atlético saiu na cobrança de pênalti de Churín. A falta foi marcada após o VAR identificar um toque de mão de Nino na área. O zagueiro comentou sobre o lance após o fim da partida.

É muito difícil falar logo após o jogo. São muitos fatores que interferem no resultado do jogo. A gente estava muito bem no primeiro tempo, ganhando de dois a zero com tranquilidade. Acontece um pênalti. É difícil, porque eu não consigo fazer nada para evitar”, disse Nino, antes de continuar:

Sempre que tem uma disputa dentro da área, eu tento colocar a mão para trás, mas ali não tinha como fechar o braço. Eu não bloqueio uma possível bola no gol. Esse lance foi determinante para o resto do jogo, mesmo sabendo que a gente estava na frente…É levantar a cabeça e seguir”, finalizou o capitão tricolor.

O desempenho do Fluminense como visitante não é dos melhores. No últimos cinco jogos fora de casa, o Tricolor só venceu uma partida, que foi o clássico contra o Flamengo disputado no Maracanã, mas com mando de campo do rival.

A gente está um tempo sem ganhar fora de casa, temos de encontrar as explicações para isso. Trabalhamos para melhorar. Eu tenho certeza que vamos melhorar”, finalizou Nino.

Fonte: ge

Foto: Marcelo Gonçalves 

Sobre o autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *