Com câmara hiperbárica em casa, Alan mantém rotina de treinos para a pré-temporada

Os quatro jogos e um gol nos primeiros meses de seu retorno ao Fluminense podem ser considerados só um “aperitivo” de Alan. Atrapalhado por nove meses sem jogar e por uma grave lesão na panturrilha esquerda em 2022, o atacante de 33 anos espera apresentar em 2023 o “prato principal” que ativou as saudosas lembranças dos torcedores tricolores e os deixaram entusiasmados desde o anúncio de sua contratação.

Para isso, Alan espera jogar mais e ter sequência na próxima temporada. E para isso ele aposta em alguns fatores: voltar a ter uma pré-temporada, o que não teve esse ano, e se preparar durante as férias com um “QG” montado dentro de casa. O atacante revelou que já vem se preparando fisicamente e que investiu na compra de uma câmara hiperbárica, que serve para melhorar a recuperação do desgaste físico, para ajudá-lo a chegar o mais preparado possível.

Esse tipo de câmara já é utilizado nos CT de alguns clubes no Brasil, como Corinthians e Flamengo, ou diretamente por jogadores, como por exemplo Hulk, do Atlético-MG. Quem entra no equipamento respira oxigênio puro enquanto é submetido a uma pressão equivalente ao dobro ou triplo da pressão atmosférica ao nível do mar. Estima-se que, com isso, a quantidade de oxigênio transportado pelo sangue amplie em 20 vezes, aumentando a oxigenação dos tecidos, acelerando o processo de regeneração muscular e atenuando o processo inflamatório.

Tirei um tempo para viajar com a família, aproveitar um pouco os filhos, descansar, pois apesar de ter jogado poucos jogos, até pelo período que fiquei parado, deu para dar uma desgastada. Mas estou mantendo uma rotina de atividades para voltar no melhor nível possível e começar a pré-temporada muito bem. Estou tendo acompanhamento dos profissionais do clube, investi em alguns produtos para montar uma estrutura em casa, como a câmara hiperbárica, e manter uma rotina de treinos para não parar e chegar o mais preparado“, comentou.

Fonte: ge
Foto: Marcelo Gonçalves/FFC

Sobre o autor