Fisiologista Juliano Spineti explica testes e alta intensidade da pré-temporada

https://www.betnacional.com?p=canalflunews

A pré-temporada do Fluminense começou em alta intensidade. Nestes primeiros dias de preparação para 2023, os jogadores vêm sendo submetidos a diversos testes físicos e fisiológicos. A ideia é aliar os treinamentos com bola à avaliação de força, resistência e composição corporal, além dos testes bioquímicos. Isso permitirá que a comissão técnica entenda o estágio de cada jogador e, assim, personalizar a carga de atividade para cada um.

Mas a avaliação dos atletas já vem sendo feita desde o fim da temporada passada, quando se iniciaram os testes. De acordo com o fisiologista Juliano Spineti, o objetivo era otimizar a pré-temporada e fazer um acompanhamento dos jogadores durante as férias. Nas últimas semanas, o Fluminense estabeleceu um cronograma de treinamentos para o elenco, que foi dividido em grupos. Cada atleta precisou preencher um questionário via aplicativo com acompanhamento dos profissionais da comissão técnica.

“Como tivemos o treinamento remoto, sabemos que partimos de um outro nível de condicionamento. Os atletas treinaram remotamente, foi muito bom. Nós controlamos, eles preencheram diariamente um formulário de pré e pós-treino, mandaram vídeos… Então, estamos partindo de um momento diferente de uma pré-temporada normal, com um nível de condicionamento mais elevado. Adicionalmente, antes de fecharem a temporada, eles foram avaliados. Fizeram (teste) ioiô, testes de força e composição corporal, até para ver a diferença, depois que chegassem das férias com o período de treinamento remoto. Agora, estaremos, junto ao treinamento, para não atrapalhá-lo pelo período curto, avaliando, monitorando e analisando como estão chegando e quem precisa do quê. E aí vamos individualizar os processos, as intervenções, para o atleta que tem que reduzir a gordura, aumentar a força ou melhorar a resistência. Baseado nesta avaliação, de como eles saíram e chegaram agora, vamos direcionar os treinos cirúrgicos e corretivos para aperfeiçoar o nível de condicionamento”, explicou Juliano.

A primeira semana da pré-temporada tricolor prevê treinos em período integral de terça a sábado, finalizando com atividade na parte da manhã de domingo. No primeiro dia de trabalho, na segunda-feira, foram realizados testes de composição corporal para medição de peso de gordura e índice muscular. Nesta terça, os atletas repetiram o teste ioiô, que já havia sido feito ao fim de 2022 e que avalia a resistência. Segundo Juliano, a rotina intensa de treinamentos e a análise fisiológica de cada jogador é fundamental para a sequência da temporada.

“Estudos demonstram que a quantidade de carga na pré-temporada tem efeito direto na quantidade de lesões ao longo da temporada. Então, quanto maior for o nível de carga, em termos de quantidade e qualidade, o atleta, em tese, vai ter mais segurança de continuar com um bom nível de condicionamento físico e menos lesão. Assim, a pré-temporada é muito importante tanto pelos aspectos técnico e tático quanto pelo físico”, disse o fisiologista, que completou:

“É um momento de congestão de carga muito acima do normal de quando se está num momento competitivo. São dois turnos, então precisamos estar muito atentos à alimentação e ao sono, que vão ajudar numa boa recuperação entre os turnos. Temos que monitorar muito bem, de perto. A análise bioquímica, com coleta de sangue, vai dizer se o atleta está ou não suportando a sobrecarga que estamos dando. E aí, quando necessário, fazemos os ajustes, a regulação da carga, reduzindo um pouquinho desse e aumentando um pouquinho daquele, para passarmos também com segurança por esse período de congestão de carga, que é para elevar de forma abrupta, rápida, o nível de condicionamento, porque só temos duas semanas para o início dos jogos. Elevar rapidamente o nível de condicionamento físico com a maior segurança possível. Esse é o nosso objetivo”.

O Fluminense terá pouco menos de duas semanas para se preparar para o início da temporada. A estreia da equipe em 2023 está marcada para o próximo dia 14 janeiro (sábado), às 16h, quando enfrenta o Resende no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pela primeira rodada do Campeonato Carioca.

Fotos: Marcelo Gonçalves/FFC
Texto: Comunicação/FFC

#canalflunewsvozdotorcedor

Sobre o autor