Em enquete, torcida apoia volta de Vina ao Flu. Decisão para avançar ou não as negociações acontece hoje

A segunda-feira pode ser determinante sobre Vina no Fluminense. Após o jogador ter sido oferecido na semana passada, a diretoria ficou de dar uma resposta ao longo do dia ao empresário André Cury, dizendo se há o interesse ou não em formular uma proposta pelo meia de 31 anos, que já defendeu o Tricolor em 2015 e atualmente está no Ceará.

Nos últimos dias, o nome de Vina ficou na mesa da comissão técnica para avaliação. A opinião de Fernando Diniz será determinante para avançar ou não na negociação, que não é simples, pois o meia ainda tem contrato com o Ceará até o fim de 2024. Mas pesa o fato de o clube de caído para a Série B do Campeonato Brasileiro em 2023, e o jogador ter salário considerado alto por lá.

Se depender da torcida do Fluminense, Vina parece ter aval para voltar, mesmo após a sua conturbada saída em 2015 (lembre a história aqui). Em enquete realizada pelo ge entre sábado e domingo, a maioria dos tricolores se mostrou favorável ao retorno do meia: entre os cerca de nove mil votos, 73,5% aprovou a contratação do jogador, enquanto 26,5% foi contra.

Alvo para o lugar de Nathan, que retornou ao Atlético-MG, Vina tem chance de voltar ao clube para tentar escrever uma nova história após sair pela porta dos fundos. O que poderia ser um entrave para o retorno é dado como resolvido nos bastidores: a briga na época com Mário Bittencourt, então vice de futebol e atualmente presidente tricolor. O jogador já se desculpou com o dirigente.

Contratado como aposta junto ao Náutico em 2015, Vina teve um grande primeiro semestre no Fluminense e caiu nas graças da torcida. Mas depois sofreu uma grave lesão no pé esquerdo, perdeu espaço e brigou com a diretoria na hora de discutir a renovação. Ao todo, foram 40 jogos, quatro gols marcados e cinco assistências com a camisa tricolor.

Fonte: ge

Foto: Bruno Haddad/FFC

Sobre o autor