Análise e notas, Fluminense 1 X 0 Nova Iguaçu

https://www.betnacional.com?p=canalflunews

FLUMINENSE 1X0 NOVA IGUAÇU
Carioca 2023
17/01 – 2a. Rodada
Maracanã

PEDRO RANGEL – NOTA 6
No inicio do jogo estava muito tenso, parecia que ia “entregar a paçoca” a qualquer momento, muito indeciso em algumas bolas, no segundo tempo ja parecia mais ambientado e fez pelo menos 2 boas defesas e ainda teve sorte qdo a bola chutada pelo adversario balançou a trave.

Guga – Nota 6
Depois de um primeiro tempo burocratico, no segundo tempo o Fluminense jogou mais pela direita e ele apareceu bem no ataque.

VITOR MENDES – NOTA 6
Muito seguro na antecipações, compos boa dupla com David Braz, dava pra ver eles sempre conversando sobre posicionamento, ainda arriscou armar algumas jogadas no segundo tempo, mostrou que precisa de adaptação ao “Dinizismo”.

DAVID BRAZ – NOTA 6
No mesmo nível de seu companheiro de zaga.

JORGE – NOTA 5,5
Muito acionado no primeiro tempo e apesar de aparentar um pouco acima do peso, fez bons passe, errou algumas vezes defensisamente, pelo que sabemos do seu futebol, esperamos mais que apresentou ontem.
FELIPE MELO – NOTA 5
Errou passes simples, nítido a falta de intensidade , nao contribuiu ofensivamente e correu atras do meio campo limitadissimo do Nova Iguaçu, ainda bem que o Flu teve 61% de posse de bola.

LIMA – NOTA 7
Vinha discreto no jogo, parecia que nao sabia exatamente onde tinha que jogar, flutou muito entre ataque e defesa e foi numa encostada no ataque que ele foi premiado com um bola mal rebatida pela fraca defesa do do time Laranja e se me permitem o trocadilho, que Lima doce no meio da plantacao, um chutaço e um golaço, deu gosto de ver, valeu o ingresso.

Michel Araujo – Nota 6
Correu muito, tentou jogadas, se empenhou muito, mas as vezes parece faltar levantar a cabeça.

MARRONY – NOTA 6 se movimentou bem, deu opções no ataque, compos bem defensivamente, precisar se mais efetivo nas conclusões.

KENO – NOTA 6,5
Correu muito, atacou, defendeu, nao foi raro ver ele compor a linha defensiva junto com Jorge, se taticamente ele foi muito bem, na hira de decidir não conseguiu ser o Keno que todos esperam, errou alguns 1 contra 1 e chutou fraco qdo teve a oportunidade de marcar. Nos deixa esperançosos de ver seu crescimento e poder fazer a diferença.

Alan – Nota 6
Assim como o time todo parecia jogar mais para o técnico do que para a vitória consistente e consequentemente para o torcedor sair do estádio eufórico e orgulhoso do time, mostrou boas jogadas mas pecou , ou no último passe ou nas conclusão, mas esforçou não faltou. A Torcida gosta muito do Alan e espera mais do Atacante xodó.

GIOVANI – NOTA 5
Entrou aos 20min do segundo tempo no Lugar de Michel Araujo, se movimentou bem, fez uma bela jogada mas chutou mal. Deixou a torcida esperançosa de que teremos um grande reforço para a temporada.

CAIO PAULISTA – NOTA 1
Entrou aos 30 do segundo tempo no lugar de Marrony e nao conseguiu contribuir em nada, destaque para uma jogada pela meia direita, onde ele tinha o campo livre pra avançar e preferiu tocar pra trás e outra na ponta direita que ele nao conseguiu dominar a bola.

ISAAC e BIGODE – SEM NOTA
Ambos entraram aos 40 do segundo tempo, Isaac no lugar do Lima e Willian no lugar do Alan, praticamente nao tocaram na Bola.

Diniz – NOTA 5
Foi nitido que o time tentou fazer o chamado “Dinizismo” mas nao teve muito exito, diante de um time limitado como o do Nova Iguaçu a Torcida e toda a critica esportiva esperava um time que pudesse fazer o resultado com certa tranquilidade, apesar de ser um time reserva.
As substituições foram o feijão com arroz de sempre, o time se mostrava burocrático e as alterações não deram ímpeto ao Tricolor, aos 37 minutos da segunda etapa (82′) o Flu ficou com um a mais e todos esperavam todos gostariam de ver o os “Moleques de Xerem” entrarem, mas só o Isaac entrou e a bola nao chegou aos seus pés. No mais valeu a Vitória e ter dado horas de jogo a alguns jogadores que podem contribuir muito na temporada.

ANÁLISE:
RODRIGO AMARAL
CANAL FLUNEWS

#canalflunewsvozdotorcedor

foto Mailson Santana

Sobre o autor