Giovanni fala sobre Europa, comenta sobre Diniz e fala: “Meu futebol vai sair”

Novidades do Fluminense na vitória em cima do Nova Iguaçu por 1 a 0, na última terça-feira, no Maracanã, o meia Giovanni Manson e o goleiro Pedro Rangel concederam entrevista coletiva pela primeira vez nesta quinta-feira, no CT Carlos Castilho. Os dois conversaram juntos com a imprensa.

Um dos reforços do Flu para a temporada, Giovanni narrou as dificuldades sofridas na Holanda durante o período de adaptação no Ajax.

A dificuldade foi no começo, eu não sabia falar, não sabia me comunicar com os jogadores. Mas tinha um treinador português, que eu conseguia falar com ele. A coisa boa foi a parte tática, isso me ajudou muito a estar mais bem preparado. No começo foi difícil, eu fui sozinho. Peguei a época da Covid e a minha família não podia ir. Eu tinha que ficar sozinho um tempo lá, não sabia falar nada. Foi minha maior dificuldade”.

O meia revelado pelo Santos também exaltou o estilo de jogo do técnico Fernando Diniz e afirmou que tende a evoluir com o treinador.

Com o Diniz me ajudando, acho que meu futebol vai sair. Tenho certeza que vou dar muita alegria para a torcida do Fluminense“, finalizou.

Foto: Marcelo Gonçalves 

Sobre o autor