Em nova posição, Calegari está invicto como lateral-esquerdo

O Fluminense começou 2023 com cinco opções para a lateral esquerda, setor mais contestado do time nos últimos anos: Cristiano, Caio Paulista, Alexsander, Marcos Pedro e o recém-contratado Jorge. Mas quem assumiu a posição neste início de temporada foi outro: Calegari.

O lateral-direito de apenas 20 anos já havia sido improvisado no lado oposto, no fim do ano passado, e agradado ao técnico Fernando Diniz, mas se lesionou e ficou fora das últimas cinco partidas da temporada passada. Recuperado, Calegari conseguiu pegar a pré-temporada desde o início, assim como Jorge, mas largou na frente na concorrência e vem sendo usado na equipe titular.

E como lateral-esquerdo, Calegari está invicto após cinco jogos. Foram quatro vitórias (contra Avaí, Corinthians, Resende e Madureira) e um empate (com o Botafogo). Nessas partidas, o time sofreu apenas dois gols, e o ala deu uma assistência para Cano na Neo Química Arena. O número só não é melhor porque Samuel Xavier, no Raulino de Oliveira, e Cano, no Kleber Andrade, desperdiçaram chances cara a cara com os goleiros.

Proposta para sair

Hoje titular, Calegari poderia ter saído do Fluminense em 2023. O lateral viu a concorrência aumentar na direita com a contratação de Guga, do Atlético-MG, e com a afirmação de Samuel Xavier. Ele chegou a receber uma sondagem do Fortaleza e, no fim de dezembro, uma proposta do Goiás, que fez uma oferta de empréstimo ao jogador por uma temporada.

Junto com seu staff, Calegari considerou a possibilidade, mas achou que não era momento para sair do Fluminense e decidiu ficar para brigar por espaço. Inclusive com a possibilidade de ser utilizado no meio de campo como volante, sua posição de origem nas categorias de base. Por isso, aceitou a proposta do clube e renovou o seu contrato até o fim de 2025.

O espaço surgiu rápido, só que na lateral esquerda. Cristiano foi liberado para procurar outro clube; Caio Paulista voltou a ser atacante antes de ser negociado com o São Paulo; Alexsander está com a seleção brasileira no Sul-Americano Sub-20; Marcos Pedro ainda não tem bagagem no profissional, e Jorge ainda está recuperando ritmo e largou atrás na disputa.

Único time com 100% de aproveitamento no Campeonato Carioca, o Fluminense volta a campo nesta quinta-feira contra o Boavista às 21h10 (de Brasília) no Maracanã. Como Diniz estendeu a pré-temporada e vem promovendo rodízio nos primeiros jogos do ano, a tendência é que o Tricolor use uma equipe reserva, e Calegari seja preservado para o clássico com o Botafogo no domingo.

Fonte/texto: ge

Foto: Marcelo Gonçalves 

Sobre o autor