Fernando Diniz elogia a superação do time, e diz: foi um jogo difícil, temos que comemorar muito

Com uma vitória sensacional de 3×2 contra o Goiás no Serrinho, Diniz elogia a superação do time, ressalta que foi um jogo difícil, mas tem erros para concertar

Tivemos muito mérito para vencer. Foi muito difícil. É difícil ganhar do Goiás aqui. Temos que comemorar muito os três pontos, mas repito: sabendo que temos coisas para corrigir. O time está criando essa maturidade.

O técnico também destacou o jogador Willian que fez o gol da vitória, falou que ter um Willian no banco para entrar é um privilegio

O Willian é o recordista de tentativas minhas de trabalhar com ele. Jogador que eu adoro, e como pessoa vocês devem saber que é extremamente diferenciado, da generosidade, profissionalismo. É um ser diferente, ser iluminado. E é um jogador de nível muito alto, classe A. Que às vezes, como todo mundo, passa um momento que as coisas não fluem, mas é um cara que nunca desistiu de trabalhar e hoje foi a demonstração clara e inequívoca de que ele é um grande jogador. Porque o gol que ele fez não foi lance de sorte, o Willian já fez muitos gols como esse. E ter o Willian, o Nathan, o Marrony no banco para poder entrar é um privilégio. Felipe Melo… Todos que entraram, Martinelli… Tem muitos jogadores. O time que não começou o jogo é tão bom quanto, tem jogadores até com mais títulos, com prestígio, esperando para entrar. E esses caras fizeram a diferença hoje.

Veja outas resposta do técnico:

Time Titular

Não acho que pode falar que é o time titular. Titular é todo mundo que está aqui, o nível é muito parecido. Eu não sou um cara que, quando o time começa a ganhar uma cara… Eu estou aqui há dois meses e meio, e trabalho sob uma perspectiva diferente, sobre controle de carga, poupar ou não jogador, tenho um pensamento diferente em relação a isso. Procuro sempre colocar o melhor time para aquela partida. Às vezes se repete mais as formações, se estou repetindo é porque acho que aquela formação está com mais chance de vencer. A lógica é essa, mas não posso falar que o Nathan, Felipe Melo, Willian são reservas, porque são jogadores muito gabaritados e podem vir a iniciar as partidas a qualquer momento.

Copa do Brasil

Grande time, grande treinador, diretoria bastante atuante, que está fazendo um trabalho de muitos anos, com o presidente Marcelo Paz. Tem o mesmo treinador há dois anos consecutivos e mantém um time extremamente competitivo. É um grande duelo. Time que tem todo o nosso respeito. Teremos que trabalhar muito para poder oferecer o nosso melhor nesse duelo da Copa do Brasil.

Título

Eu falo que um time da grandeza do Fluminense, do São Paulo, do Botafogo… Esses times têm que sonhar com o título, é o mínimo que a gente tem que fazer. E trabalhar para tentar conquistar

Foto:Marcelo Gonçalves/FFC

Samuel Xavier vê Fluminense na briga pelo título

Durante a coletiva de imprensa desta tarde de sexta-feira no CT Carlos Castilho, O jogador foi perguntado sobre o Fluminense está na briga do campeonato brasileiro, Samuel afirma que está sim:

Pelos resultados que (o time) vem tendo, estamos nessa briga, estamos ali em cima, perto dos líderes, então estamos automaticamente na briga. É um sonho para a gente. Basta batalhar, continuar trabalhando. O mais importante, independentemente da sequência de vitórias, classificação na Copa do Brasil vencendo por 3 a 0 fora de casa, é ter humildade. Pés no chão, continuar trabalhando, para aí sim brigar pelo título.

O lateral até se esqueceu qual foi a ultima derrota do clube ao ser questionado pela imprensa em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira no CT Carlos Castilho. e exaltou a sequencia invicta que já dura um mês:

– É um campeonato muito difícil, e essa sequência de vitórias tem que valorizar. A gente quer esticar isso ao máximo, procurar as vitórias, e isso é com trabalho, se entregando no dia a dia. Sabemos também que tem jogos muito próximos, Copa do Brasil e Brasileiro, mas é manter a humildade, independentemente da sequência, de continuar esse trabalho para esticar mais esse invencibilidade.

Veja outras respostas do Jogador:

Duelo direto contra São Paulo

São Paulo é uma equipe muito qualificada, treinada pelo Rogério (Ceni). Assistimos ao jogo ontem, foi muito difícil, decidido nos pênaltis. Sabemos que a equipe é de muita qualidade. Com o desempenho que a gente vem demonstrando dentro de campo e com essa sequência de vitórias, claro que vão nos colocar na briga pelo título. Claro, a gente sonha com isso, o torcedor sonha. Sabemos que é muito difícil, outras equipes também buscam, mas a gente é capaz de conquistar. Estamos trabalhando para isso. Vamos em busca da vitória no Morumbi, sabemos que o São Paulo vai brigar na parte de cima, é confronto direto, temos que ter muita sabedoria para sair com os três pontos.

Pós-Fred

Fred é meio difícil de atender o telefone (risos). A gente liga para ele, manda mensagem, e ele demora uns três dias para atender. É meio diferente, no dia a dia do vestiário ele sempre vinha com alguma resenha bem descontraída. Foi meio estranho ter esses dias sem o Dom no clube, mas acredito que daqui a alguns dias ele estará de volta com a gente, ele vai aparecer. Deixar claro aqui para ele atender o telefone, pagar a dívida que tem com a gente (risos).

Foto: Divulgação/ Fluminense FC

Arias elogiou o treinador tricolor e disse: Acho que Fernando é uma pessoa que sabe ler muito bem o jogo

Arias foi um dos destaques da vitória do Fluminense por 3 a 0 sobre o Cruzeiro, no Mineirão, pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Autor do gol que abriu o placar, o colombiano elogiou o treinador tricolor.

Acho que Fernando é uma pessoa que sabe ler muito bem o jogo, uma pessoa que acredita muito no trabalho e passou isso pra nós. O Fluminense tem uma característica definida, jogo definido, sabemos o quê e como temos que fazer. Com pés no chão, ainda temos muito a melhorar, estamos conscientes disso, mas acho que podemos bater de frente com qualquer um do Brasil

Cruzeiro x Fluminense: Arias — Foto: MARCELO GONCALVES/FLUMINENSE FC

Veja mais resposta que o Arias deu:

Paulo Henrique Ganso

– Eu não consigo determinar com uma palavra o que o Ganso faz. Todos sabemos o que ele faz, o grande jogador que é, o gênio que é. Ele facilita o jogo. Particularmente, me favorece muito estar perto dele. Aprendo muito com ele. Estou gostando de desfrutar disso 

O lance do gol de cobertura

– No momento que fiz a tabela com o Cano, vi que o goleiro ia tentar impedir pelo chão, então achei melhor cavar. Graças a Deus consegui fazer o gol.

 Foto: MARCELO GONCALVES/FLUMINENSE FC

Torcida Tricolor faz a festa em laranjeiras com classificação na Copa do Brasil

Milhares de de tricolores acompanharam e vibraram com a classificação do Fluminense para as quartas de final da Copa do Brasil em um telão montado na sede histórica do clube. A galera transformou o estacionamento em uma verdadeira arquibancada e comemorou cada lance e gol da equipe contra o Cruzeiro como se estivesse no Maracanã.

Os portões das Laranjeiras foram abertos às 19h, e quem comandou o esquenta da torcida foi o DJ DeeaZ. Antes de rolar a bola, o telão também exibiu o Boteco Tricolor, transmitido ao vivo pela FluTV e que contou com Caio Sauro e Felipe Petrone, fisioterapeutas do Time de Guerreiros, como convidados especiais.

Fotos: Mailson Santana/FFC

Fernando Diniz elogia o time do Fluminense e diz: “vitória mais que merecida”

O Fluminense venceu o Cruzeiro por 3 a 0, nesta terça-feira, no Mineirão, e garantiu a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil. e durante a coletiva Diniz exalta o foco do time e elogia a equipe pela vitória.

– O Fluminense continua fazendo o que fez no Brasileiro. Em alguns momentos, eles tiveram o domínio, a torcida apoiou. Sabíamos que seria assim. A equipe não se desesperou. Jogou, criou chances e mereceu ganhar do jeito que ganhou

Diniz também elogiou o jogador Nathan, disse que é bom ver ele colando o talento em pratica.

– Eu procuro botar em campo os jogadores que merecem no momento. O Nathan é um talento indiscutível. Sempre tentei levar para os times que treinei. Aqui eu consigo. Cada vez mais eu tento usar o talento e botar em prática. Não é questão de sequência de jogo. Ele é um jogador com talento especial. Para fazer o gol que fez, só gente talentosa. Uma alegria poder ver ele mostrar o talento dele.

Veja outros assuntos abordados pelo técnico:

Defesa

-É uma dedicação extrema para que a gente tenha um sistema defensivo sedimentado. A marcação começa com Cano, Ganso, Arias, Matheus. A gente tem trabalhado muito. Todos os times têm pontos fortes, não existe jogo fácil. Entender isso está levando o time à maturidade, com respeito aos adversários. É o que ajuda a ter o sistema defensivo ajustado.

Como vai utilizar os reforços

-Não tenho preocupação. Tanto Marrony como Allan estão chegando, vão ter que se adaptar. Não sou treinador de pedir reforço. O Luis Henrique saiu e é praticamente repor com as mesmas características. O Fred se aposentou, e é muito difícil repor. O Fluminense vai ter que se adaptar.

FOTO DE MARCELO GONCALVES/FLUMINENSE FC

Torcidas de Fluminense e Cruzeiro provocaram conflitos antes da partida

As torcidas já se provocavam com cantos, mas o clima ficou mais tenso quando uma bomba foi jogada na divisão entre os dois lados. Com isso, tricolores pularam o setor visitante e iniciou-se o tumulto.

A polícia agiu com bombas e gás de pimenta para o lado tricolor na tentativa de parar a confusão e acabou que algumas pessoas sofreram com os efeitos da ação policial e criticaram a postura da polícia mineira. Depois, médicos foram até o setor visitante para atender os torcedores.

Mas do lado de fora também teve brigas envolvendo a Young Flu e a Máfia Azul, organizadas de Fluminense e Cruzeiro, respectivamente.

Foto: Marcelo Gonçalves/FFC

Diniz agradece ao torcedor e diz: “Ver a torcida do Fluminense engajada é uma coisa linda”

Durante a coletiva desta sexta-feira, o técnico relembra a festa no jogo de sábado e agradece a torcida.

– Ver a torcida do Fluminense engajada é uma coisa linda. Naquele dia do Fred, que foi uma festa que sem a torcida não teria sido tão linda. Espero que esse engajamento aumente, seja constante e que a gente trabalhe cada vez melhor. Temos que trabalhar duro para entregar para o torcedor coisas boas. O torcedor tem que torcer, como ele está fazendo a parte dele. Só tenho a agradecer ao torcedor. Temos que trabalhar diariamente para ser cada vez melhor.

Diniz também fala sobre sua relação com a torcida, que por sinal, é muito boa.

– Minha relação com o torcedor é singular. Desde 2019, quando passei aqui, embora no Brasileiro os resultados não tenham aparecido, eu tinha uma torcida da torcida para que as coisas acontecessem, a gente conseguisse ganhar os jogos. Depois de três anos fui melhorando, experimentando outras coisas e voltei um Fernando Diniz melhor para o Flu.

O treinador revolveu que seu filho é apaixonado pelo Fred, e poder ser o ultimo técnico do Fred é emocionante.

– É emocionante para todo mundo. Conheci o Fred quando ele tinha cerca de 20 anos, ele estava no começo da carreira, eu estava mais próximo do fim da minha. Reencontrá-lo aqui foi muito melhor do que eu imaginei. Ele é espetacular como ser humano, até mais como jogador. O fechamento da carreira dele está acontecendo de maneira muito merecida. O enredo de sábado, contra o Corinthians… Não era nem para ele ter entrado, mas aconteceu aquilo, que é fruto de merecimento. É um cara apaixonado por futebol. Participar desse momento e criar essa relação que criei nessa volta, de maneira instantânea e espontânea, é uma coisa emocionante, vou levar para vida inteira. Meu filho mais velho é apaixonado pelo Fred. Ainda tenho esse plus. Está sendo um momento muito significativo, que vou levar para sempre

Diniz conversa com Fred no treino do Fluminense — Foto: Mailson Santana / Fluminense FC

Veja mais resposta do Diniz:

O que Fred pode fazer após aposentadoria?

– Diferentemente de mim, eu só presto para ser técnico, Fred vai poder escolher. Eu não sei, ele pode se encaixar em qualquer lugar. Ele tem experiência como jogador, trabalhou com diversos treinadores, tem experiência internacional, tem carisma, liderança. Ao mesmo tempo, ele é extremamente simpático, comercial, se for para uma vida de empresário, vai se dar bem. Se for dirigente, pode se dar bem. Ele tem um leque e é muito mais afortunado do que eu.

Como está a cabeça de Fred?

– A cabeça dele, dentro do possível, está boa. Parar de jogar futebol nunca é fácil, ainda mais para um cara que tem a história que ele tem e que gosta de estar no campo, de fazer gol. Vocês sabem que ele gosta do torcedor, gosta da casa cheia, é carismático, é um astro do futebol. Para esse tipo de jogador, é até difícil parar. Pelas circunstâncias, ele está até com a cabeça boa.

Foto: Mailson Santana / Fluminense FC

Foto em destaque: Marcelo Gonçalves/Fluminense FC

Caio Henrique aprova Caio Paulista na lateral do Flu: “Forte e rápido”

Caio Henrique incentivou o Caio Paulista a continuar na lateral do Fluminense, o ex-meia tem “poder de fala”: também virou ala com Fernando Diniz e atuando pelo Fluminense há três anos;

Assim como aconteceu comigo, também pode ser muito bom para a carreira dele”, diz lateral

O Jogador também disse que acompanha os jogos do Flu não importa a onde estiver, é destacou o Caio Paulista:

– Sempre que posso eu acompanho os jogos do Fluminense. Às vezes é um pouco difícil por causa do horário, aqui às vezes passa de madrugada, e tenho treino de manhã cedo. Mas nos últimos jogos que vi o Caio Paulista vem jogando pelo lado esquerdo, um cara que fisicamente é muito forte e rápido também. Acho que isso ajuda bastante ele na lateral, porque precisa de muita força para subir e defender. Acho que o professor Diniz enxergou isso nele, e tem tudo para evoluir na posição.

Foto: Mailson Santana/FFC

Fred é o maior artilheiro da história do Cartola

Com 144 gols, Fredgols é o maior artilheiro da história do Cartola, mas também bateu o recorde de escalações em uma só rodada na história do Cartola, quando estava na sua segunda passagem pelo Cruzeiro.

Os números jogam muito a favor de Fred também no Cartola. Sua maior mitada no game permanece entre as primeiras da história do fantasy. Em 2011, no jogaço em que o Fluminense venceu o Grêmio por 5 a 4, Fred marcou incríveis quatro gols e obteve 35,90 pontos naquela ocasião.

Imagem

MAIORES MITADAS DE FRED NO CARTOLA

AnoJogoPontuação
2011Fluminense 5 x 4 Grêmio35,90
2011Fluminense 4 x 0 Bahia27,60
2016Atlético-MG 2 x 1 Vitória25,90
2011Fluminense 3 x 1 Coritiba25,20
2011Figueirense 0 x 4 Fluminense21,50
2012Palmeiras 2 x 3 Fluminense20,60
2014Fluminense 4 x 0 Sport20,30
2012Fluminense 2 x 1 Náutico18,70
2014Fluminense 3 x 0 Palmeiras18,70
2017Atlético-MG 3 x 1 Cruzeiro18,70
Divulgação Ge/Cartola

Fotos: Marcelo Gonçalves/FFC

Ex-Fluminense, Leandro Euzébio sofre sequestro relâmpago

Leandro Euzébio e sua mulher passaram por um susto nesta terça-feira. O casal sofreu um sequestro relâmpago em Unamar, em Cabo Frio, e ficou sob o domínio dos bandidos, que roubaram pertences das vítimas.

As informações foram veiculadas inicialmente pelo O Globo e confirmadas, em seguida, pelo ge.

A PM encontrou o veículo do casal abandonado na Estrada do Gargoá, no bairro Nova Califórnia, em Unamar.

Foto: Divulgação/FFC