MARCELO NO FLUZÃO – Jornal espanhol crava acerto entre Fluminense e o jogador.

Segundo informa o portal espanhol ‘Fichajes’, o craque brasileiro já tem um acerto para se transferir, sem custos, ao Fluminense ao final de seu contrato com o Real Madrid, em junho de 2022.

Há, porém, a possibilidade do Real Madrid acertar com o atleta a rescisão antecipada do contrato. Caso isso aconteça, Marcelo poderia chegar ao Fluminense já no início de 2022, na próxima janela de transferências.

Se o acerto com o Fluminense se concretizar, Marcelo voltará ao clube das Laranjeiras após passar 15 anos no Real Madrid, somando 529 partidas, 38 gols, 101 assistências e 22 títulos com a camisa merengue.

Uma volta ao Fluminense significaria, também, que Marcelo manteria a marca de ter defendido somente dois clubes na carreira. Formado nas categorias de base do Fluminense, o craque foi negociado direto com o Real Madrid e, desde então, não deixou o clube espanhol.

Fluminense estreia hoje no torneio World Legends com transmissão ao vivo.

Com 16 times disputando o torneio de másters, craques do passado entrarão em campo novamente para defenderem os clubes onde fizeram sucesso

Os amantes de futebol terão mais um campeonato para acompanhar, a Copa Brasil Legends 2021. Com 16 tradicionais equipes brasileiras divididas em oito grupos, será possível ver em campo ídolos que não estavam mais em atividade, como Viola, Túlio Maravilha, Zé Roberto, Donizete e muitos outros craques da bola. O torneio terá transmissão exclusiva do SporTV.

A Copa Brasil Legends 2021 é organizada pela World Legends, empresa que promove eventos de futebol master ao redor do mundo trazendo de volta aos campos craques que já penduraram as chuteiras. Nos últimos campeonatos organizados, foram mais de 2 milhões de espectadores acompanhando lendas que fizeram história em seus times e seleções competindo novamente. Mais uma vez, os organizadores, Reginaldo Traves, ex-atleta do Cruzeiro, Vinicius Motta e Paulo Eduardo Penna Jr, executivos da World Legends, contam com a audiência dos torcedores nas 23 partidas em cinco estados do Brasil.

A competição, que tem como embaixadores os ex-jogadores Somália, do Grêmio, e Maurinho, do Cruzeiro, visa fazer o reencontro de gerações dentro de campo. Serão atletas de três faixas etárias diferentes, misturando gerações, paixões e lembranças dos torcedores.

A competição terá clássicos paulistas em sua estreia. Em partidas realizadas na Arena Barueri, o São Paulo enfrenta o Santos, às 11h, seguidos de Corinthians x Palmeiras, às 15h. No sábado seguinte (11), será a vez dos confrontos cariocas: Vasco x Flamengo e Fluminense x Botafogo, no Rio de Janeiro. Jogando em Minas Gerais, o Cruzeiro encara o Atlético Mineiro e o Bahia recebe o Vitória, no dia 18, na Bahia. Para fechar as estreias, em 25 de setembro, o Internacional recebe o Goiás e o Coritiba o Grêmio.

Após mais uma rodada completa de duelos, uma equipe de cada grupo avança às quartas de final, que acontecerão de 30 de outubro a 20 de novembro, sempre aos sábados. As semifinais estão marcadas para 27 de novembro e 4 de dezembro e a final acontece no dia 11 de dezembro, sem sede definida.

Confira a tabela da primeira fase do torneio de futebol máster:

04/09/2021 – Arena Barueri/SP
11h – São Paulo x Santos
15h – Corinthians x Palmeiras

11/09/2021 – Estádio Edson Passos/RJ
11h – Vasco x Flamengo
13h – Fluminense x Botafogo

18/09/2021 – Minas Gerais
11h – Cruzeiro x Atlético/MG

18/09/2021 – Bahia
13h – Bahia x Vitória

25/09/2021 – Porto Alegre
11h – Internacional x Goiás
13h – Coritiba x Grêmio

Quem é Pedro Henrique? Homenageado por Fred após gol causa comoção no Fluminense

Fred correu para a bola, bateu o pênalti e procurou a câmera mais próxima:– Pedro Henrique, para você! Eu vi seu vídeo. Nós estamos orando, eu, minha família e todo mundo do Fluzão. Força, você vai sair dessa!

O gol da vitória por 1 a 0 sobre o Cerro Porteño, do Paraguai, que classificou o Fluminense para as quartas de final da Libertadores, fez toda a torcida tricolor vibrar.

Mas a comemoração poucos entenderam. Afinal, quem é Pedro Henrique? E o que houve com ele?O ge encontrou Fábio de Paula, pai do garoto de 15 anos e que há dois descobriu que tem esclerodermia, uma rara doença que não tem cura e provoca o enrijecimento de tecidos, da pele a órgãos internos.

No caso de Pedro Henrique, causou uma fibrose no pulmão que o faz depender de oxigênio extra para respirar. Ele está há quase dois meses internado no Hospital Pedro Ernesto, em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

Com entusiasmo apesar do mau momento, o Cerro viaja em busca do “milagre”.

O Cerro Porteño que não vai muito bem no início do segundo semestre, chegou ao Rio de Janeiro com grande entusiasmo , onde nesta terça-feira buscará o “milagre” de voltar na série contra o Fluminense.

Conforme matéria do do jornal La Nacion do Paraguai, “O duelo entre Cerro e Fluminense pelas quartas de final da Copa Libertadores está marcado para esta terça-feira, às 18h15, no lendário estádio do Maracanã. No jogo de ida, foi uma vitória por 2 a 0 para a equipe Brasileira, em meio a um grande escândalo, já que a equipe paraguaia teve um gol legítimo anulado, que foi posteriormente reconhecido pela própria Conmebol, devido à ineficiência do VAR. Quanto à equipa, Francisco Arce não tem muitas dúvidas, já que o Cyclone não tem pessoal suficiente e está praticamente confirmado que Ángel Cardozo Lucena estará ausente devido a lesão. Um dos dilemas seria a presença de Mateus Gonçalves ou Enzo Giménez, em uma das poucas posições que o Cerro sempre gira. Então, “Chiqui” tem todo o potencial disponível.

Fonte: lanacion.com.py

Foto: Conmebol. / Pool/Getty Images

JULES RIMET – Criador da Copa do Mundo se encantou com Fluminense: “A organização esportiva mais perfeita do mundo.

Você sabe quem foi Jules Rimet?! Nada mais nada menos que o criador da Copa do Mundo! Sim, esse evento mundial de futebol, onde o Brasil tem cinco conquistas: 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002. Foi ele também que criou a taça que tem seu próprio nome, da qual o Brasil conquistou de forma definitiva após ser campeão da Copa de 1970, no México.

Você sabe quem foi Jules Rimet?! Nada mais nada menos que o criador da Copa do Mundo! Sim, esse evento mundial de futebol, onde o Brasil tem (nada data que escrevi isto) cinco conquistas: 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002. Foi ele também que criou a taça que tem seu próprio nome (ver foto acima), da qual o Brasil conquistou de forma definitiva após ser campeão da Copa de 1970, no México. Fluminense com a Taça Olímpica, da qual o clube por três vezes disputou por ela. Não tenho informações sobre o porque Julio Rimet foi o escolhido para entregar a taça, talvez porque o Fluminense era o único clube de futebol a receber essa honraria.

Fluminense com a Taça Olímpica, da qual o clube por três vezes disputou por ela. Não tenho informações sobre o porque Julio Rimet foi o escolhido para entregar a taça, talvez porque o Fluminense era o único clube de futebol a receber essa honraria.

CERRO VAI BUSCAR UMA FAÇANHA – Técnico Arce ainda dispara: Foi um assalto à mão armada na nossa própria casa, mas vamos em busca da classificação.

Ainda incomodados com a derrota de 2×0 sofrida pelo Cerro na partida de ida pela Libertadores contra o Fluminense, o técnico Francisco Arce declarou ao jornal D.R.B do Paraguai que seu time ainda não digeriu o resultado:

Fomos prejudicados, “Foi um assalto à mão armada na nossa própria casa”, e foi esse mesmo sentimento que ficou para o mundo.

Os envolvidos foram suspensos indefinidamente a título de indenização, mas o estrago já foi feito e a sanção não altera o resultado que deixa Cerro muito distante das quartas de final, mesmo assim, acredito no grupo, e o torcedor acredita que para tirá-los da Copa será preciso arrancar seus corações: Completou o técnico em entrevista.

A partida de volta das oitavas de final da Copa Libertadores da América entre Fluminense e Cerro Porteño, que estava programada para terça-feira 20 de julho no Maracanã, foi adiada para 4 de agosto.

Foto: Jornal drb.com.py

DE VOLTA AOS TREINOS – Arce volta a comandar o time após drama pessoal.

O Cerro Porteño já tem seu técnico Arce no comando dos treinamentos. Segundo o site de notícias “DRB Fútbol”, do Paraguai, o treinador reassumiu suas funções na última terça-feira.

Arce passou por uma tragédia pessoal recentemente. No último domingo, seu filho de 20 anos faleceu em acidente de carro no Paraguai. Em virtude disso, a partida contra o Fluminense pela volta das oitavas de final da Copa Libertadores, que aconteceria na terça, foi adiada para o dia 3 de agosto.

No Paraguai, o Fluminense venceu a ida por 2 a 0. Assim, pode até perder por um gol de diferença no Maracanã que estará classificado para as quartas de final.

Quem avançar no confronto terá pela frente o Barcelona de Guayaquil (EQU).

Foto: Divulgação – Cerro Porteño)

Com três gols sofridos em seis jogos, Luccas Claro e Manoel tem bom aproveitamento e ganham mais confiança.

Desde a convocação de Nino para a seleção Olímpica,o Fluminense precisou fazer rearranjos na dupla de zaga, setor de maior destaque na última temporada. Após testar os reforços que foram contratados, Manoel tem sido a opção do técnico Roger Machado para compor a defesa ao lado Luccas Claro nas últimas partidas, seja pela competição nacional ou na Libertadores.

Nas primeiras partidas, o zagueiro fez atuação tímida, mas precisa. Com um estilo de jogo similar ao companheiro de defesa, a nova dupla não demorou para se entrosar e em pouco tempo já conquistou bom rendimento nos duelos diretos e aéreos. Enquanto Luccas Claro ocupa mais o meio da parte de trás do campo, Manoel se desloca para a lateral direita, e assim diminuem o espaço para os ataques adversários através de uma marcação precisa e interceptações.

A química não é ao acaso: na base do Athletico Paranaense, os zagueiros chegaram a jogar juntos e já eram conhecidos de longa data. O padrão estabelecido pelo desempenho entre Luccas Claro e Nino também ajudou para que Manoel entendesse o que a comissão técnica esperava da sua atuação.

Eu conhecia o Luccas há muito tempo. Jogamos juntos na base do Athletico Paranaense, depois subi para o profissional e ele foi para o Coritiba. Fico feliz. Ano passado ele e o Nino fizeram a melhor defesa do Campeonato Brasileiro. Eu tive a oportunidade de vir para o Fluminense e tendo um estilo encaixado já é mais fácil de jogar. A equipe vem correspondendo bem. Muitas vezes se fala da linha defensiva, mas os pontas, os volantes, sempre ajudam. Ficamos felizes por fazer bons jogos, mas quando se fala da defesa tem que falar de todos, pois ajudam. Isso será importante para o decorrer dos campeonato.

Cabe destacar que diante do Grêmio, por exemplo, o gol do adversário saiu nos últimos minutos após um pênalti bobo feito por Calegari. Na Copa do Brasil, o primeiro do RB Bragantino saiu em uma cobrança rápida de falta que pegou o Flu desorganizado. Manoel estava na marcação de Hurtado e não acompanhou o adversário no segundo lance, sem impedir o cruzamento.

Enquanto Luccas Claro é o titular absoluto e incontestável, Manoel chegou sabendo que seria opção no banco após o grande destaque do companheiro ao lado de Nino. Ele, porém, venceu rapidamente a concorrência com David Braz e Matheus Ferraz para se tornar a primeira opção. É considerado reserva de luxo no Tricolor.

A dupla de zagueiros e o Fluminense voltam a entrar em campo neste sábado, em partida contra o Palmeiras, às 19h (de Brasília), no Allianz Parque. O Tricolor busca recuperação no Brasileirão após perder para o Grêmio, que até então era o lanterna. Se o desempenho como mandante ainda deixa a desejar, o Flu é o quinto melhor visitante da competição, com duas vitórias, três empates e uma derrota em seis partidas.

ATÉ QUANDO? Roger diz que o Fluminense teve um dia ruim e explica a titularidade de Wellington na partida.

Após tropeçar nos últimos jogos como mandante em outros estádios, o Fluminense voltou ao Maracanã na noite deste sábado, mas também não conseguiu vencer em sua casa. Poupando alguns titulares para o jogo de terça-feira contra o Cerro Porteño, do Paraguai, pelas oitavas de final da Libertadores, o mistão Tricolor acabou perdendo para o lanterna Grêmio por 1 a 0. Após a partida, o técnico Roger Machado admitiu que foi um “dia ruim” de sua equipe:- Fiz as mudanças para tentar buscar um jogo mais de profundidade colocando (Matheus) Martins por um lado, Lucca por outro, para também termos finalizações de média (distância), pois hoje seria difícil entrar pelo centro. Coloquei o Cazares por trás da linha para ter um passe final com qualidade, continuando o trabalho do Paulo (Ganso), mas hoje não foi um dia que a gente conseguiu fazer o que gostaria.

Roger também explicou a opção por Wellington como titular na partida. Ao substituir o suspenso Martinelli, André teve boa atuação contra o Cerro Porteño no Paraguai e voltaria a ser reserva no jogo da volta da Libertadores, portanto não precisaria ser poupado. O treinador explicou, porém, que a decisão foi baseada na gestão do elenco:- A opção pelo Wellington foi oportunizar para novamente estar em campo. O André foi opção no jogo do Cerro, é uma opção importante para mim, mas também faço a gestão do grupo e preciso estar atento a outros detalhes importantes para levar os jogadores para campo. Por isso foi a opção.

foto: Alexandre Durão /GE

Cerro Porteño x Fluminense: Veja as prováveis escalações para o confronto.

O jogo entre Cerro Porteño e Fluminense será disputado a partir das 19h15 (de Brasília), em La Olla Azulgrana, em Assunção, no Paraguai. Para o confronto, o Tricolor tem alguns problemas no ataque. Fred e Abel Henández mas ainda não estão confirmados no jogo. Já Raúl Bobadilla está fora, e a boa notícia fica por conta do retorno do jovem John Kennedy no setor, embora também longe das melhores condições físicas.

Prováveis times

Cerro Porteño: Jean, Espínola, Duarte, Adorno (Delvalle) e Alan Rodríguez; Carrascal, Villasanti, Mateus Gonçalves (Giménez) e Aquino; Morales e Boselli. Técnico: Francisco Arce.

Fluminense: Marcos Felipe, Samuel Xavier, Manoel, Luccas Claro e Egídio; André, Yago e Nenê; Caio Paulista, Gabriel Teixeira e Lucca. Técnico: Roger Machado.

Desfalques Cerro Porteño: Ángel Lucena (machucado) e Juan Patiño (suspenso).

Fluminense: Martinelli (suspenso), Nino (com a seleção olímpica), Hudson e Bobadilla (lesionados).

Árbitro: Facundo Tello (ARG) Assistentes: Cristian Navarro (ARG) e Julio Fernandez (ARG) Árbitro de vídeo: Cesar Deishler (CHI)