fbpx

Segundo turno perfeito: Fluminenense é campeão invicto com melhor ataque e melhor defesa

Tricolor passou ainda por quatro clássicos.

Campeão da Taça Rio neste domingo (25) após bater o Botafogo por 3 a 0, o Fluminense não só conquistou a taça, como foi de fato a melhor equipe do segundo turno do Campeonato Carioca.

Invicto durante toda a Taça Rio, tendo passado por quatro clássicos ( 4 a 0 contra Flamengo, 0 a 0 contra o Vasco, 1 a 1 contra o Flamengo e 3 a 0 contra Botafogo), o Fluminenense teve também a melhor defesa e melhor ataque. Em oito jogos foram 17 gols marcados e apenas quatro sofridos.

Depois da conquista, o tricolor volta a campo na próxima quinta-feira (29) quando enfrenta o Vasco pela semifinal do Estadual. Como foi campeão, o tricolor tem a vantagem do empate.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Foto: Divulgação FFC

Fluminense faz postagem desejando recuperação a Fred

Tricolor postou a mensagem pelo seu perfil oficial nas redes sociais.

Minuots depois de estourar a informação que Fred havia rompido os ligamentos do joelho direito, o Fluminense por meio de seu perfil oficial nas redes sociais postou um texto desejando pronta recuperação ao jogador do Cruzeiro, mas que teve uma passagem marcante pelas Laranjeiras, sendo considerado por muitos como o maior ídolo do clube.

A lesão que ainda não foi confirmada pelo Cruzeiro, fato que deve acontecer nesta segunda-feira (25), deve afastar o jogador do restante da temporada.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Fred rompe os ligamentos do joelho e não deve mais atuar em 2018

Atacante se contundiu aos 27 minutos do primeiro tempo.

A vitória do Cruzeiro na manhã deste domingo (25) em cima do Tupi, que garantiu a raposa na final do Campeonato Mineiro, teve seu momento de ruim. Aos 27 minutos do primeiro tempo, Fred dividiu uma bola com o zagueiro Cidmar e deixou o campo sentindo fortes dores no joelho direito.

A apreensão que tomou conta do Mineirão logo virou drama para o camisa 9, que foi constatado com rompimento do ligamento cruzado anterior do joelho direito.

O Cruzeiro chegou a anunciar uma coletiva do médico do clube, doutor Sérgio Campolina, mas foi desmarcada e o clube ao deve se pronunciar oficialmente nesta segunda-feira (26). Porém a informação da lesão foi confirmada pelo repórter Samuel Venâncio, da rádio Itatiaia.

Com a lesão sendo confirmada, o centro avante terá que passar por uma cirurgia e dificilmente volta a atuar em 2018.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Fluminense goleia e assume liderança na Taça Rio sub-20

Tricolor aplicou a segunda goleada seguida na competição.

O Fluminense segue sua campanha irretocável no sub-20. Neste sábado (24), o tricolor foi até Cabo Frio e goleou os donos da casa por 4 a 0.

Com três gols de Leandro Spadacio e um de Macula (que inclusive já atuou entre os profissionais) o tricolor aplicou sua segundo goleada seguida na competição, (na quarta-feira, 21, já havia vencido de 4 a 0 o Volta Redonda) e segue invicto na competição, chegando a seis vitórias em seis jogos. Com o resultado o Fluminense chegou a liderança isolada do grupo B da Taça Rio além da liderança isolada também no geral.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Abel elogia Gum e diz já ter dispensado o zagueiro

Treinador revelou ter dispensado Gum em 2006 quando treinava o Inter.

Autor do gol que garantiu o empate tricolor diante do Flamengo, Gum deu a volta por cima em 2018 após ter passado um 2017 quase todo fora do time, as vias de ser dispensado pela diretoria.

Na coletiva após a classificação, o treinador destacou o espírito guerreiro do zagueiro e revelou já ter dispensado Gum quando era treinador do Internacional em 2006:

– Eu dispensei o Gum em 2006. Ele fazia experiência lá no Inter. Depois eu o encontrei em 2011, nos classificamos para a Libertadores. Fomos campeões brasileiros em 2012.  Depois as coisas não correram muito bem e a torcida não queria mais saber de Gum. Ele conseguiu ultrapassar os momentos difíceis. É mérito dele. Era “Gum não” e virou “Gum Guerreiro” novamente – declarou o treinador, exaltando  espírito guerreiro do zagueiro.

 

 

ST,

Douglas Wandekochen

Em jogo emocionante, Fla-Flu termina empatado e tricolor vai decidir a Taça Rio

Flu teve diversas oportunidades de matar a partida mas desperdiçou diversos contra ataques.

O Fluminense enfrentou o Flamengo na noite desta quinta-feira (22) pela semifinal da Taça Rio. Tendo feito a melhor campanha na fase de grupos, o tricolor jogava pelo empate e se classificou com o resultado de 1 a 1 ao final da partida.

O Fluminense ainda teve diversas oportunidades de matar a partida enquanto estava a frente do placar, mas Pedro e Gilberto desperdiçaram duas ótimas oportunidades de matar o jogo em dois bons contra ataques bem executados. No final o time de Abel Braga levou o empate e teve que segurar a pressão rubro-negra por pouco mais de 10 minutos de jogo, contando com os acréscimos.

O Fluminense agora pensa no Botafogo, próximo adversário do tricolor no domingo, quando as duas equipes disputam o título da Taça Rio em partida única, sendo realizada no Maracanã e sem vantagem para nenhuma das equipes.

Lances do jogo 

Em um primeiro tempo morno, o Fluminense se aproveitava da vantagem do empate e se concentrava mais no setor defensivo na espera de um contra ataque. Por sua vez, o Flamengo com pouca inspiração pouco ameaçava. A melhor oportunidade veio com Henrique Dourado, que recebeu belo cruzamento de Rodnei e bateu de primeira para bela defesa de Júlio César. A resposta tricolor veio no último minuto do primeiro tempo. Sornoza cobrou escanteio pela esquerda e Gum desviou de cabeça para abrir o placar, ampliando a vantagem tricolor.

Na volta para o segundo tempo, Carpeggiani colocou Vinícius Júnior no lugar de Renê, deixando o rubro-negro ainda mais ofensivo. Contudo as melhores oportunidades foram do Fluminense, mas Pedro e Gilberto desperdiçaram ótimas chances em contra ataques puxados por Pablo Dyego, que quase fez seu gol mas viu Gum empurrar a bola para os fundos da rede, mas o juiz anulou o gol marcando impedimento do zagueiro.

O empate do Flamengo veio com um golaço de Ewerton, que após uma pressão rubro-negra, acertou um chutaço de canhota da entrada da área no ângulo de Júlio César, que nada pode fazer. Há essa altura o goleiro tricolor, já havia salvado o Flu com uma linda defesa após cabeçada de Jonas.

O Flamengo ainda teve a chance da virada com Vinícius Júnior em rara bobeada da defesa tricolor, onde o garoto arrancou do meio de campo e já dentro da área bateu à direita do gol de Júlio César.

Final no Nílton Santos, Fluminense 1 x 1 Flamengo, e o tricolor vai decidir a Taça Rio contra o Botafogo.

 

ST,

Douglas Wandekochen

TST nega recurso e mantém Scarpa vinculado ao Flu

Decisão ainda cabe recurso e advogado do meia estuda outras maneiras de recorrer.

O TST (Tribunal Superior do Trabalho), em Brasília, negou o pedido de correição do recurso da defesa de Gustavo Scarpa, permanecendo o jogador vinculado ao Fluminense.

O ministro Lelio Bentes Corrêa, manteve a decisão por entender não ter havido erro ou atos contrários à ordem do processo. Em acórdão da decisão da desembargadora Claudia Regina Vianna Marques afirma que o jogador usou de “má fé” e “oportunismo” com objetivo de “aumentar retorno financeiro na transferência ao ‘economizar’ a multa rescisória”.

A decisão não é definitiva e segue trâmite normal com audiência marcada para o próximo dia 14 de abril, contudo, o advogado de Scarpa, Maurício Corrêa da Veiga, estuda novas maneiras de tentar reverter a decisão.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Zico aponta tricolor como favorito no Fla-Flu

Ex jogador destaca a vantagem do empate pelo Flu.

Ídolo rubro-negro, o ex jogador Zico bateu um papo com o repórter Flávio Amêndola do programa Os Donos da Bola, onde o maior ídolo da nação rubro-negra apontou o Fluminense como favorito no clássico de hoje (22), onde as equipes disputam uma vaga na final da Taça Rio, contra o Botafogo.

Para Zico, o favoritismo tricolor se dá devido a vantagem do Flu jogar por dois resultados – vitória ou empate – já que fez melhor campanha que o rubro-negro na fase de grupos. Contudo, Zico ainda ressaltou que o Flamengo chega forte para o clássico principalmente após recuperar a confiança depois da vitória sobre o Emelec, pela Libertadores.

Fluminense e Flamengo se enfrentam nesta quinta-feira (22), no estádio Nilton Santos pela semifinal da Taça Rio, onde o tricolor joga com a vantagem do empate para chegar a decisão contra o Botafogo no próximo domingo (25).

 

ST,

Douglas Wandekochen

Patrocinadora atrasa pagamento ao Flu

Atraso teria acontecido devido a um erro de comunicação interna.

 

A patrocinadora master do Fluminense, a Valle Express, atrasou o pagamento de março, vemcido no último dia 15 ao tricolor. Em acordo que foi firmado em parcelas escalonadas, onde o valor aumenta a cada 30 dias, o pagamento referente à março (terceiro mês) é de R$200 mil.

De acordo com a empresa, o débito se deu devido a um erro de comunicação com o clube, onde a Valle, por conta de investimentos feito, solicitou ao clube que o depósito de março fosse feito após a data estabelecida. Contudo, ainda de acordo com a empresa, um erro de comunicação interna fez com que fosse depositado pelo Tricolor antes do dia pedido pela empresa.

De acordo com o Fluminense, a própria patrocinadora já se comprometeu em quitar o débito no início da próxima semana.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Fluminense fecha acordo por dívida com Maracanã

Débito chega aos R$400 mil.

O Fluminense chegou a um acordo com a concessionária que administra o Maracanã para quitar a dívida que o tricolor tem com o estádio, que beira os R$400 mil.

O débito foi decidido em ser quitado em parcelas, onde a primeira vence já está semana em acordo feito ao final da última semana.

O débito se explica devido ao Fluminense não conseguir arcar com todos os gastos que demanda os jogos no Maracanã, onde além do aluguel do estádio – R$100 mil – soma-se os altos custos da operação mais a baixa frequência de públicos.

Além do acordo, o tricolor busca também uma equação para jogar no estadio sem gerar prejuízos. Uma medida viável e realizar os jogos com apenas os setores inferiores do estádio, afim de diminuir os gastos com a operação nas partidas.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Top