fbpx

Em apresentação, Mário confirma aumento em 100% o número de sócios

O presidente Mário Bittencourt falou hoje, no início da coletiva sobre o Sócio Futebol. Ele revelou que houve um aumento expressivo desde que assumiu a gestão do Tricolor e fez algumas projeções.

– Em janeiro de 2019 tínhamos mais de 7 mil sócios. Em junho tínhamos 10.631 e tivemos um aumento de 100% da nossa base sem lançar os nossos pacotes. Temos 21.731 sócios futebol hoje. Faturamos R$ 8 milhões com o sócio futebol em 2019 até agora. Se tivermos 40 mil Sócio Futebol é bem mais do que um patrocínio master. Quero fazer um agradecimento à torcida, que acabou dobrando o número de sócios em seis meses. Estamos fazendo um caminho nosso, sem olhar para os outros. Se tivermos 60, 70, 80 mil sócios fixos teremos um crescimento de receita muito grande. Hoje temos mais de 200 mil CPFs únicos cadastrados. Esse trabalho já vinha sendo feito na gestão anterior pelo vice-presidente comercial, que continua conosco. Não adianta ter ansiedade para sair lançando sem conseguir atender. A hora que tivermos os produtos prontos, vamos entregar por dentro da base. É o segundo recorde histórico do sócio futebol. O outro quando houve a contratação do Ronaldinho, com 20 mil sócios. Depois caiu para 7 mil e agora com mais de 21 mil. Estamos implementando o contador de sócios, sistema. Não importa só o número, mas o ticket médio – afirmou o mandatário.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Em situação complicada, Mário explica negociação para manter Evanílson no Flu

A situação do atacante Evanílson parece longe de um fim feliz junto ao Fluminense. O atleta, de fato, não possui vínculo com o Tricolor, mas Mário Bittencourt está tentando de qualquer maneira manter o jovem para 2020. Ele vem conversando diretamente com os empresários do atleta. Confira as palavras do presidente:

É um jogador que teve um primeiro contrato, em 2015, de três anos. Foi rescindido na época e feito um novo de três anos. Poderia ter sido feito de cinco e eu não sei porque não foi feito. Quando cheguei, ele estava na base, recebi a informação que ele era um jogador interessante. O clube Estação, do Ceará, tem 40% dos direitos. O contrato vence em fevereiro. Os empresários dele falaram para nós que só conversariam ao fim da temporada. Hoje o Evanilson é um jogador livre. Mas como é um jogador digno e muito correto, ele e os empresários abriram conversas. Tivemos três conversas. Buscamos que ele continue aqui, mas não será nas mesmas condições. O Fluminense, hoje, não tem nada sobre ele. Ele tem propostas de clubes de fora do Brasil. Integrei ao profissional pelo desempenho e precisávamos na reta final da temporada. E para mostrar para ele que ele vai ser muito importante. Falei para ele no vestiário, saiu até em vídeo, que gostaria que ele ficasse, que seria muito feliz no Fluminense. Ele já tem um pré-contrato assinado com o clube que o empresário dele representa. Mas estou fazendo o máximo que puder para mantê-lo no futuro e para que o Fluminense seja recompensado de uma forma digna pelo jogador, no caso de uma venda com algum percentual. Eu até agradeço pela compreensão dos empresários em buscar uma composição – disse o presidente tricolor.

Mário em coletiva (Foto: Lucas Merçon/FFC)

Com contrato até fevereiro, o Fluminense está próximo de perder o atacante. Mário revelou, nesta sexta-feira, que o atacante de 20 anos tem pré-contrato assinado com outro clube. Trata-se do Tombense, como falou o Globo Esporte. Agora, o Flu corre atrás do prejuízo para celebrar um acordo para manter o jogador.

A escolha pelo Tombense, que está na Série C do Campeonato Brasileiro, se dá pela parceria com os empresários do atleta. Caso não fique no Fluminense , o clube mineiro seria o caminho para negociar o atacante para o futebol europeu. O Liverpool já demonstrou interesse em comprar o jogador.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Mário Bittencourt revela ter pago cerca de 110 milhões em dívidas e alivia as contas do Flu

Na entrevista coletiva desta sexta-feira, o presidente Mário Bittencourt falou mais sobre a situação financeira do Fluminense. Ele revelou quanto já foi gasto pela diretoria em pagamentos de dívidas e o acordo feito com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) para acabar com os bloqueios referentes a processo pela venda de Wellington Nem ao Shakthar Donetsk, da Ucrânia, ainda em 2013.

— Já pagamos de dívida desde que assumimos R$ 76 milhões e 200 mil. Foi Profut, o 13º salário de 2018, já pagamos ato trabalhista, salários atrasados, acordos trabalhistas e cíveis. Tínhamos um bloqueio, de um processo antigo, da venda do Wellington Nem. Pagamos o restante do processo. Diante da nossa atitude e credibilidade, a construir um acordo e na semana passada conseguimos fazer um acordo. Lá na frente, o presidente que tiver não terá de pagar a parcela do Profut e vai poder usar isso, por exemplo, no time de futebol, salários, enfim. Isso vai ajudar o Fluminense ao longo de sua história. Pagamos cerca de R$ 110 milhões de dívidas. Isso inclui R$ 31 milhões que estavam bloqueados – afirmou o presidente.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Preferido de Celso Barros, Ariel Holan é anunciado oficialmente por clube chileno

Um dos bons nomes disponíveis no mercado de treinadores, o argentino Ariel Holan já definiu o seu futuro. E não será no Brasil! A Universidad Católica do Chile anunciou oficialmente o acerto com o treinador.

Ariel Holan na Católica (Foto: Twitter Univ Católica Oficial)

Holan, além de ser um dos nomes preferidos de Celso Barros, que disse que chegou a ter conversas com o técnico, também foi colocado no radar de Santos e Athletico Paranaense.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Yony se despede do Flu nas redes sociais: “Levarei vocês no meu coração”

A passagem do colombiano Yony González no Fluminense chegou ao fim. Ao que tudo indica, o atacante está de malas prontas para o futebol europeu onde irá defender o tradicional Benfica. Em sua rede social, o atacante disse:

(Foto: Reprodução/Instagram)

“Gostaria de agradecer ao Fluminense, a todos que me ajudaram dentro e fora de campo, e aos torcedores por todo carinho que recebi durante esta temporada.
Foi um ano muito especial para mim. Pela primeira vez joguei fora da Colômbia. Em pouco tempo me identifiquei com o Fluminense e me senti acolhido no clube e na cidade. Marquei gols, me entreguei dentro de campo, lutei muito e saio com a sensação de dever cumprido.
É difícil se despedir, mas chegou a hora de partir em busca de novos voos. Obrigado, Fluminense. Obrigado, torcedor Tricolor. Levarei vocês no meu coração. Baile da colombia 🇨🇴 🇭🇺🙅🏾‍♂️🙅🏾‍♂️ FLUZAO ❤️ “

Com isso, é o fim da passagem de Yony no Flu. Contratado em janeiro a pedido do treinador Fernando Diniz, o atacante no total marcou 17 gols e deus 9 assistências.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Boavista conta com cinco jogadores ex-Flu para a disputa do Cariocão 2020

O Campeonato Carioca, um dos estaduais com mais história e visibilidade, está chegando. Na edição de 2020, o Boavista, equipe da Região dos Lagos, contratou cinco jogadores que passaram pelo Fluminense nos últimos anos.

O primeiro foi o volante Fernando Bob. Cria de Xerém, o volante jogou 43 jogos com a camisa tricolor e chega no clube verde e branco após uma temporada atuando no Minesotta United, nos Estados Unidos. Ele está com 31 anos.

Foto: Reprodução/Instagram

O segundo, é o atacante Robert. Tido como uma das grandes jóias de Xerém, o jogador quando subiu aos profissionais nunca conseguiu jogar bem com a camisa tricolor. A promessa era tão grande que o atleta até passou um período de testes no Barcelona, mas foi devolvido por atos indisciplinares, maior problema da sua carreira. Aos 23 anos somente, Robert vai para a sua segunda passagem pelo time de Bacaxá. Pelo Flu, apenas 7 jogos e 1 gol marcado.

Resultado de imagem para robert boavista
RObert no Boavista (Foto: Globo Esporte)

O terceiro jogador é o zagueiro Elivélton. Mais uma cria da base tricolor, o jogador também vai para a sua segunda passagem pelo Boavista na carreira. Aos 27 anos, ele tem 39 jogos pelo Fluminense e um gol marcado.

Resultado de imagem para elivelton boavista
Elivélton no Estádio Eucy Resende (Foto: FutRio)

O quarto jogador é um com mais identificação com o tricolor. Se trata do meia-atacante Tartá, também revelado nas categorias de base do clube. Tartá era uma das grandes promessas, sendo sempre um jogador que vinha do banco e contribuindo bastante dentro de campo. Foi peça importante no título de 2010 do Brasileirão. O jogador no total, tem 56 jogos e 7 gols pelo Flu. Hoje, aos 30 anos, ele também fará sua segunda passagem pelo time do Boavista.

Imagem relacionada
Tarta no Boavista(Foto: FutRio)

Por último, o lateral direito Wellington Silva. Hoje, aos 31 anos, ele que tem 68 jogos pelo Flu e 2 gols marcados, vestirá pela primeira vez a camisa do clube de Saquarema.

Resultado de imagem para wellington silva boavista
Wellington no treino (Foto: Globo Esporte)

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

2020 MELHOR! Flu consegue liberação de valores, quita dívidas e adianta 60 meses do Profut

Já não é de hoje que vimos o Fluminense com graves problemas financeiros e por muitos, sem uma solução em curto prazo. Porém, sempre em seus discursos, Mário Bittencourt sempre ressaltou que estava trabalhando incansavelmente para quitar as dívidas tricolores. E parece que está cumprindo com o que disse!

Após quitar três meses de salários com o elenco e funcionários, em reunião do conselho na última segunda, o presidente informou ter quitado a dívida com o PROFUT e ter pago 60 meses do financiamento de forma adiantada, após ele conseguir um acordo com a Procuradoria da República, que desbloqueou os valores penhorados na justiça referentes a venda de Wellington Nem, ainda na gestão do ex-presidente tricolor Peter Siemsem.

Peter no Flu (Foto: Campos 24h)

Além disso, Mário informou que, com isso, pagará impostos atrasados e deu um grande passo para quitar a dívida e se aproximou da tão sonhada CND – Certidão Negativa de Débito.

APROFUNDANDO…

Em todo o processo envolvendo a venda de Wellington Nem, havia penhoras de 15% sobre TODAS as receitas do clube. O início disso tudo se deu quando o Flu recolheu uma quantia de R$ 7,5 milhões, numa conta em juízo. Naquela época, esse valor girou em torno de R$ 41 milhões, que eram cobrados pela Procuradoria da Geral Fazenda Nacional (PGFN).

Resultado de imagem para profut fluminense
Mário está tentando colocar o Flu em ordem (Foto: Lucas Merçon/FFC)

No acordo feito, o clube não conseguiu a liberação dos valores para os cofres tricolores, mas conseguiu que os mesmos fossem revertidos no pagamento das dívidas tricolores junto ao ProFut e demais impostos, que ao mesmo tempo, estavam atrasados e impossibilitando a retirada das CNDs, que impedem o Flu de fechar acordos com o poder público e estatais (caso do Estádio do Maracanã).

O acordo foi o seguinte:

  • R$ 10 milhões foram destinados ao pagamento dos impostos atrasados;
  • R$ 31 milhões serão utilizados para quitar a dívida existente junto ao Profut, além de um pagamento antecipado de 60 parcelas.

Esse acordo ainda será homologado pela juíza da vara tribunal onde está correndo o processo. Mas como a própria Procuradoria é parte no instrumento celebrado, a homologação e os pagamentos são questão de tempo até serem negociados.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel


Notícia boa!Número de Sócios do Flu aumenta!

O Fluminense tenta de inúmeros jeitos atrair novos Sócios-Torcedores para que esse programa possa realmente ser uma fonte de renda e ajuda financeira para o clube. Além de um crescimento espontâneo no início de outubro, o clube lançou promoções na Black Friday para o torcedor poder virar sócio por um quantia mais barata. E parece que funcionou!

Segundo apuração da Flu News, o número de sócios teve um aumento de 8 mil para 23 mil associados ao Fluminense Football Club. A diretoria tricolor ainda vai reformular todos os planos e os novos, serão lançados provavelmente em janeiro.

O Canal Flu News iniciou uma campanha com a #Flu150milSócios nas redes sócios, convocando você, torcedor, a se associar e fazer um Fluminense cada vez mais forte!

Foto: Flu News

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Em post de agradecimento, Celso Barros fala sobre Ariel Holan, planos para 2020 e muito mais. Confira!

Afastado pelo presidente Mário Bitencourt nessa reta final da temporada, o vice-presidente geral Celso Barros usou a sua rede social, o Instagram, para fazer um comunicado para toda a torcida tricolor.

Foto: Reprodução/Instagram

Celso falou sobre diversos temas da temporada atual e visando o ano que vem, inclusive, sobre o treinador argentino Ariel Holan, desejo da torcida do Fluminense. Confira o que ele falou:

“O Nosso Fluminense em 2019: Alívio. Parabéns. Necessidade de análises profundas. Planejamento 2020.”

“Eu gostaria de cumprimentar a TODOS os colaboradores do Fluminense (Laranjeiras, Xerém e CT Profissional) que se empenharam para manter o clube na série A do Campeonato Brasileiro.”
“Desde quando fui eleito, ao lado do Presidente, como Vice Presidente Geral, essa sempre foi a minha maior preocupação em relação ao campo. E não exponho isso agora, pelo contrário, deixei claro desde a nossa primeira coletiva no dia da vitória, em junho/19, assim como em outros momentos de reuniões junto à comissão técnica e jogadores. Tenho absoluta certeza que se não tivéssemos feito as mudanças – todas estas onde todos os responsáveis estiveram envolvidos – não teríamos sobrevivido. O aproveitamento depois da mudança inicial melhorou e nos fez permanecer na elite do Futebol Brasileiro.”
Aproveitando o alívio do momento, não comemoração pela colocação na tabela, acho importante esclarecer que alguns procuraram usar fatos como minhas falas (internas ou externas) para desgastar a imagem que tenho junto ao futebol do Fluminense. O momento em campo nunca deve ser político, porém o futebol brasileiro é bastante impactado por ela e avaliá-la faz-se necessário por todas as partes. Em qualquer gestão temos acertos e equívocos mas a omissão não faz parte da minha história e nunca fará – seja qual for a circunstância. O FLU é minha grande paixão e sei que ninguém duvida.”
“É chegada a hora do planejamento para o próximo ano e como Vice Presidente Geral, estando ou não à frente do futebol, seguirei ativo. Por isso, acho importante deixar claro e avaliarmos uma das características que tornou-se um “hábito” nos últimos anos: me preocupa profundamente que após a saída da UNIMED em 2014 (quando ficamos na 6 colocação), de 2015 a 2019, estivemos sempre na segunda página da classificação, inclusive esse ano em que obtivemos a modestíssima 14 colocação na tabela. Como defendemos em nossa campanha, inclusive, o Fluminense não é um clube para estar nesta virada de tabela. Na década que se encerra agora (2010 a 2019) “

– Corinthians – 3 títulos;
– Fluminense – 2 títulos;
– Cruzeiro – 2 títulos
– Palmeiras – 2 títulos
– Flamengo – 1 título

“Isso por si só já diz muito que temos aceitado muito pouco do fim de cada campeonato. Estamos entre os maiores da década. Gerações de torcedores nasceram vendo o FLU campeão graças às últimas conquistas. Não podemos deixar este orgulho morrer em nós torcedores. O Fluminense é maior do que todos nós e para isso precisamos mudar. Precisamos avaliar e voltar a escrever uma história vitoriosa.”

“Entendo que o momento financeiro do clube não é o mesmo do período que tivemos a UNIMED como patrocinadora e isso faz parte não apenas da realidade do nosso clube. Nem por isso, devemos achar que tudo pode e deve ser modesto. Tudo tem que ser feito de forma responsável, porém jamais pensando pequeno. Nestas situações de falta de verba a criatividade é o que fará diferença no resultado desportivo. Este é o nosso desafio: sermos criativos e termos coragem. Como o maior dos exemplos do que enxergo de criatividade e mudança de paradigma dentro do Flu é a minha predileção pela contratação de Ariel Holan para 2020, como todos já sabem. Muito já saiu na mídia e no momento que conversamos, extra oficialmente, ele tinha uma extrema motivação em vir para o Fluminense. Uma grande certeza que tenho é que o Fluminense Football Club precisa alçar por maiores ambições – sendo sempre responsável dentro e fora de campo.”

“Certamente há muito a ser feito para modernizarmos o futebol do FLU. Da minha parte na posição institucional que exerço estarei sempre à disposição do clube para colaborar no que for necessário e não pouparei esforços. ST”

O que achou das palavras do Celso, torcedor?

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Partiu Portugal! Yony fica com os dois pés no Benfica e deve deixar o Flu

Parece que o destino de Yony González deve ser mesmo o futebol português. De acordo com o site Saudações Tricolores, o atacante não ficará no fluminense pra 2020 e seguirá para o Benfica.

O clube já havia feito contato com o pai e representante do colombiano em meados de novembro. O presidente Mário Bittencourt, em entrevista coletiva no CT, confirmou que o clube lusitano mandou uma carta formal ao Fluminense dizendo que estava negociando com o atleta.

Capa do Jornal “A Bola” em novembro mostrando a negociação de Yony com o Benfica (Foto: A Bola)

Ainda não houve um anúncio oficial nem do Benfica e nem uma posição oficial do Flu. Mas, ao que tudo indica, Yony está com os dois pés já no clube português.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Top