fbpx

Mago Tricolor! Deco mais uma vez se declara ao Flu “é um caso de paixão

Nesta segunda-feira, o camisa 20 participou de uma entrevista no programa Fox Sports Rádio, através de videoconferência. E mais uma vez manisfestou seu carinho e amor pelo Tricolor, clube o qual se consagrou bicampeão brasileiro (2010 e 2012), além da conquista do Carioca de 2012.

Fluminense é um caso de paixão, nunca imaginei. Eu nasci em uma família corintiana, fui corintiano desde pequeno. Lógico, quando futebol começa a entrar na tua vida, você começa a ver as coisas de uma outra forma.
Mas eu tive sorte, passei bastante tempo nos clubes. Então minha relação com a maioria foi muito forte. Com o Fluminense então foi fantástico, o que eu vivi foi espetacular, de momentos tristes e momentos felizes.
Mas em todo momento eu senti um carinho enorme do torcedor do Fluminense.
Eu fui sempre o mais honesto, o mais sincero possível, tentei da o meu melhor. Tive sorte de uma torcida que entendeu isso, me respeitou e me respeita até hoje.
Então, como eu falei, eu sou Tricolor, não tem como não torcer pelo Fluminense, não tem como não sentir as dificuldades do clube. E como torcedor que sou, quero que o Fluminense volte. Desejo sorte ao Mário, o próprio Celso que ainda esta na direção, que consigam trazer o equilíbrio ao Fluminense outra vez.
– Revelou Deco em entrevista.

Foto: FFC

Em programa, Deco explica o que faltou ao Fluminense, no período de Unimed

O bicampeão brasileiro pelo Tricolor, em 2010 e 2012, participou do programa Fox Sports Rádio, através de videoconferência.
Sobre a atuação situação do clube, que atravessa dificuldades financeiras desde a saída da Unimed, em 2014, e fazendo um comparativo justamente com o período de forte aporte financeiro da antiga patrocinadora, Deco disse que faltou planejamento por parte do clube, para que se mantivesse auto-suficiente, tendo em vista o fim da parceria.

– O que faltou no Fluminense foi estratégia, falta de uma visão de médio a longo prazo. Principalmente num momento em que você tinha um patrocinador muito forte. Mas também o clube não conseguiu criar as bases pra poder ser auto-suficiente. Eu acho que se viveu muito em um tempo de ilusão, ele poderia ter um fim. Mas faltou uma estratégia mais a longo prazo e talvez de uma forma mais responsável em alguns momentos também. – Falou o ex-meio campista

Foto: Agência Photocamera

Maracanã será transformado em hospital, mas, gramado será poupado

O estádio que é administrado pela dupla Fla-Flu, mas pertence ao Governo do Estado do Rio, será transformado em hospital e receberá 400 leitos na área do antigo Célio de Barros e no ginásio do Maracanãzinho, para ajudar no combate ao coronavírus. Gramado do ‘Maior do Mundo’ será poupado.

O uso do Maracanã como ponto de atendimento às vítimas do Covid-19 vem sendo discutido desde a última semana. A demora para ‘bater’ o martelo foi em função de indecisão sobre qual espaço do complexo seria utilizado.

O governador do Estado, Wilson Witzel preferia que a estrutura fosse montada no gramado do Maracanã, assim como vem acontecendo em outros estádios pelo Brasil, como por exemplo: O Pacaembu, em São Paulo.
Porém, a dupla Fla-Flu tem uma preocupação, que é a possibilidade da volta do futebol antes da liberação de todos os pacientes. Além, também, do estado do gramado.

Por fim as partes chegaram ao um acordo e gramado será preservado. Sendo utilizado pelo Governo do Estado o antigo estádio de atletismo e o principal ginásio de vôlei do país.

Fonte: UOL
Foto: Wikipedia

Emprestado ao Vitória de Guimarães-POR, Mascarenhas passa por nova cirurgia

O lateral-esquerda que foi emprestado pelo Tricolor a equipe lusitana no início da temporada, nem sequer fez sua estreia com a camisa de seu novo clube, o Vitória de Guimarães (POR).
O jogador passou uma cirurgia no joelho esquerdo na última semana e não tem deve retornar tão cedo aos gramados. Mascarenhas se lesionou durante uma atividade em uma treino. A informação é do jornal português “A Bola”.

Revelado nas categorias de base do Flu, o lateral vem sofrendo com lesões desde a temporada passada. A última vez que esteve em campo, foi na vitoria sobre Madureira, por 4 a 0, pelo campeonato Carioca do ano passado.

Fonte: Netflu / A Bola (POR)
Foto: Foto: Lucas Merçon/Fluminense

#DiadeFlu! Tricolor encara o Botafogo pelo primeiro jogo da final do Carioca de 2012

A primeira partida da decisão do Campeonato Carioca 2012 está marcada para as 15h, com transmissão do canal por assinatura Sportv. E o tricolor vai em busca de seu trigésimo primeiro título estadual, contra o alvinegro.

Divulgação: FFC

Flu pede suspensão de penhoras na justiça durante paralisação

Com as atividades interrompidas, por causa da pandemia de coronavírus, o Tricolor entrou com uma ação na justiça, pedindo a suspensão de uma penhora por seis meses sob o argumento de o argumento de destinar a verba para o pagamento de salários, planos de saúde e alimentação dos funcionários com o clube comprometendo a comprovar essa utilização.

Flu espera poder utilizar o valor já penhorado de R$
R$ 3.039.941,64. Caso seja autorizado pela justiça clube terá uma quantia que equivale a praticamente um mês de sua folha salarial no futebol, que gira em torno de R$ 3,5 milhões.

Essa penhora é referente a utilização de um imóvel, alugado pelo clube em 1990 para servir de alojamento a jogadores que viessem de fora. Além de alugueis atrasados o Flu deixou de pagar o IPTU de abril de 2002 a fevereiro de 2007. Em 2018 a Justiça determinou o bloqueio de parte de suas receitas de transmissão até completar a execução total, que era de R$ 3,2 milhões em 2017.

A diretoria tricolor tentará o mesmo em outros processos, mas a prioridade são as penhoras sobre as receitas de transmissão, principal fonte de renda do clube atualmente.

Fonte: Globoesporte.com

Enquete Flunews! Para Tricolores, o time de 2012 é superior ao time de 2010

Em enquete feita, no Twitter, para saber qual foi o melhor Flu, de 2010 ou 2012, com 73,3% dos votos, a torcida Tricolor escolheu o time tetracampeão brasileiro. A equipe comandada por Muricy Ramalho no tricampeonato ficou 26,7%. Ao todo foram computados 270 votos

Com três rodadas de antecedência o Fluminense sagrou-se campeão brasileirão de 2012, após bater o Palmeiras por 3 a 2, em Barueri-SP. Em uma atuação de gala de Fred, que marcou dois gols, sendo um deles o gol que sacramentou o título e teve papel fundamental no outro, cruzando a bola que desviou no zagueiro e foi parar no fundo dos redes. O camisa 9, que terminou como o artilheiro, com 20 gols marcados, e ainda foi eleito melhor jogador do campeonato.

Com uma campanha irretocável, sob o comando de Abel Braga, o Tricolor terminou a competição com 77 pontos, sendo 22 vitórias, 11 empates e apenas cinco derrotas, tendo marcado 61 gols e sofrido 33.

O time que contava com o chamado ‘quarteto mágico’, composto por Thiago Neves, Deco, Wellington Nem e o próprio Fred.

Foto: André Durão / Globoesporte.com

Ex-Flu, João Pedro ressalta gratidão com ao Tricolor “Entrei criança e saí homem”

Atualmente no Watford, da Inglaterra, o atacante, de 18 anos, não esconde sua gratidão pelo Fluminense, clube que o revelou para o futebol. Em entrevista ao jornal “Lance!”, o jogador ressaltou que o Tricolor teve papel importante em sua formação como pessoa. O atleta ainda contou que segue acompanhando seu ex-time.

– Aqui em casa, tanto eu como todos, acompanhamos o Fluminense, afinal de contas foi o clube que entrei criança e saí um homem – disse o jogador.

João Pedro revelou também que vem mantendo contato com seus ex-companheiros e que sente saudade das resenhas.

– Falo sempre com o Marcos Paulo e também com o Miguel e Nenê. Eles são com quem eu mais falo. Falamos que sentimos falta da resenha, de dançar, de rir e de jogar juntos.

Com a paralisação das atividades futebolísticas na Europa, devido a pandemia de coronavírus, o atacante falou com tem sido para manter a forma física, e com o isolamento social, o que tem feiro para se livrar do tédio.

– Tenho treinado forte, jogo futevôlei, Fortnite (jogo eletrônico), sinuca e rede social, pois na rotina do dia tenho pouco tempo pra isso. Assisto também muitas séries e filmes. Tudo que posso, dentro de casa e com a minha família.

João Pedro se destacou nas categorias de base do Fluminense e subiu para os profissionais em 2019, já vendido para o Watford. Pelo tricolor atuou em 37 partidas, marcando 10 gols.

Fonte: Explosão Tricolor / Lance
Foto: Lucas Merçon/Fluminense

Enquete Flunews! Maioria dos Tricolores estão ansiosos com a possível volta de Fred

Em pesquisa feita no Twitter, quase 85% (84,8) dos Tricolores estão ansiosos para o retorno do ídolo às laranjeiras, enquanto os outros 15% não estão tão entusiasmados. Ao todo foram contabilizados 145 votos.

Ao participar da live do jornalista Rica Perrone, nesta quarta-feira (25), Fred cravou seu retorno ao Fluminense “Eu vou voltar, eu vou volta”. Em tom de brincadeira, o centroavante jogou a responsabilidade para o mandatário tricolor “Só depende do Mário”. Por sua vez o presidente do Flu não esconde o seu desejo de repatriar o camisa 9.

A gente vai trazer o nosso ídolo de volta para casa. É o que a gente quer, a torcida quer e tenho certeza que ele quer também. Até imagino que ele possa retornar, mas só para o Campeonato Brasileiro. Estamos na expectativa de que ele se resolva com o Cruzeiro – declarou em entrevista coletiva no último dia 13.

A diretoria do Fluminense aguarda a audiência de conciliação entre Fred e Cruzeiro, que não tem previsão para acontecer, devido a pandemia de coronavírus, para poder formalizar uma proposta e encaminhar o retorno do ídolo.

Foto: Nelson Perez / FFC

Técnica Thaissan Passos, traça objetivos do time feminino do Flu, após paralisação

A treinadora Tricolor falou sobre como tem sido esse período de paralisação, por conta da pandemia de coronavírus, e sobre o trabalho que vem sendo desenvolvido pela comissão técnica para que as atletas mantenham a forma física.
E Já pensando no retorno das atividades Thaissan traçou o principal objetivo da equipe na temporada, que é “buscar o acesso para a Série A1”

O Campeonato Brasileiro Feminino A2 teve a realização de apenas uma partida antes da paralisação em combate ao COVID-19. Sem poder utilizar as instalações do clube para treinamento, as jogadoras estão realizando uma serie de atividades físicas, em suas casas, sob supervisão da comissão técnica.

confira o que disse a técnica Thaissan Passos

Fonte: Fluminense F.C << (clique aqui para ver entrevista na íntegra)
Foto: FFC

Top